Por *Eduardo Gois Em Igreja Atualizada em 31 OUT 2017 - 09H49

Aparecida (SP) acolhe Congregações Marianas do Brasil para encontro e romaria


Verônica Souza/A12
Verônica Souza/A12

Um mundo globalizado, com lógica individualista e muitas contradições. É diante destes desafios que a Confederação Nacional das Congregações Marianas do Brasil vai se reunir com diversos membros, em Aparecida (SP), no Centro Redentorista de Espiritualidade (Ceresp) e em seguida em Romaria no Santuário Nacional, nos dias 11 e 12 de novembro.

Segundo o Presidente da Confederação, o leigo Marcio Blois Teixeira, é preciso estar atento aos sinais dos tempos, pois o campo específico de ação é o próprio mundo, onde todos estão inseridos. “Precisamos discutir, internamente, a luz do Documento 105 da CNBB, que nos convida a ser sal da terra e luz do mundo (cf. Mt 5,13-14)”.

Para Marcio há uma necessidade de um sério discernimento e também discutir caminhos ancorados pela Espiritualidade Mariana. “É também período de nos atualizarmos frente aos desafios que o mundo apresenta”.

Estarão participando da 44º Assembleia de Dirigentes e 44ª Romaria Nacional do Rosário, congregados marianos vindos de vários estados brasileiros.

A Congregação Mariana. O que é?

É uma associação pública de fiéis leigos, livremente unidos para viverem e crescerem na vida cristã, de acordo com a sua Regra de Vida, realizando trabalho apostólico, em plena obediência e sintonia com a Autoridade Eclesiástica, em espirito de união e docilidade ao Magistério da Igreja. A Congregação Mariana do Brasil, atualmente é uma associação mista de fiéis (Homens e Mulheres), tendo também setores infantil e jovem, sendo assim uma associação publica de fiéis leigos para toda a família.

E a Confederação?

Já a Confederação das Congregações Marianas do Brasil é uma Organização Religiosa, erigida canonicamente pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) por meio dos decretos 5/93, 6/93 e 7/93 de 22 de agosto de 1993, com a finalidade de incentivar os seus membros na busca da santidade pessoal, no próprio estado de vida; no seguimento a Jesus Cristo e amor filial à Virgem Maria; a comunhão com a Igreja; a ser testemunho público da fé católica; realizar trabalho apostólico, nas diversas pastorais em suas Igreja locais e ser também testemunho e presença na sociedade humana.

Programação em Aparecida

No dia 11 de novembro, estarão reunidos em Assembleia Nacional de Dirigentes no Ceresp para tratar de assuntos importantes para o crescimento das Congregações Marianas do Brasil, tais como novo estatuto nacional, tema para o Dia Nacional do Congregado Mariano, entre outros.

Em 12 de novembro é a vez da 44º Romaria Nacional do Rosário (Romaria Nacional das Congregações Marianas), no Santuário Nacional, com a Santa Missa, às 8h e atividades no subsolo do Santuário, (Auditório Padre Noé Sotillo), a partir das 9h20. Vão celebrar 300 anos do Encontro da Imagem Nossa Senhora da Conceição Aparecida e 80 anos da Confederação Nacional.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por *Eduardo Gois, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.