Por Redação A12 Em Santo Padre

Ano Mariano no Brasil: Papa Francisco confirma concessão de indulgências plenárias

A CNBB abriu no Brasil, em outubro de 2016, o Ano Nacional Mariano para celebrar, fazer memória e agradecer pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, nas águas do rio Paraíba do Sul.

A Penitenciária Apostólica anunciou o pedido do Papa Francisco para o reconhecimento do ano jubilar em curso no Brasil e a concessão da indulgência para aqueles que “verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade” visitarem na forma de peregrinação o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), ou qualquer igreja paroquial do Brasil dedicada à padroeira do país.

Papa Francisco em Aparecida

A iniciativa de proclamação do Ano Nacional Mariano foi aprovada pela 54ª Assembleia Geral da CNBB e segue até o dia 11 de outubro de 2017.

:: Ano Mariano é para celebrar e agradecer, diz CNBB

O pedido de concessão da indulgência durante o Ano Nacional Mariano foi feito pelo Arcebispo emérito de Aparecida (SP), Cardeal Raymundo Damasceno Assis.

:: Ano Jubilar Mariano: celebração de um grande evento da nossa fé

Os fiéis brasileiros poderão alcançar indulgência plenária durante o Ano Nacional Mariano sob às seguintes condições habituais:

- confissão sacramental;

- comunhão eucarística;

- oração na intenção do santo padre, o papa;

O documento do Vaticano ainda ressalta que que os fiéis verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade, devem em forma de peregrinação visitarem a Basílica de Aparecida ou qualquer Igreja paroquial do Brasil, dedicada a Nossa Senhora Aparecida. No local, deverão devotamente participar das celebrações jubilares ou de promoções espirituais ou ao menos, por um conveniente espaço de tempo, elevarem humildes preces a Deus por Maria.

A conclusão deste momento deve acontecer com a Oração Dominical, pelo Símbolo da Fé e pelas invocações da Beata Maria Virgem, em favor da fidelidade do Brasil à vocação cristã, impetrando vocações sacerdotais e religiosas e em favor da defesa da família humana.

Idosos e enfermos

Para o caso de pessoas idosas ou gravemente doentes que não podem realizar a peregrianação, o documento do Vaticano estabelece uma condição especial para a obtenção das indulgências.

Poderão alcançar se “assumida a rejeição de todo pecado, e com a intenção de cumprir onde em primeiro lugar for possível as três condições, espiritualmente se dedicarem diante de alguma pequena imagem da Virgem Aparecida, a funções ou peregrinações jubilares, ofertando suas preces e dores ao Deus misericordioso por Maria”.

Orientações aos padres

Aos sacerdotes aos quais está confiado o cuidado pastoral do Santuário Nacional de Aparecida e os párocos das paróquias que possuem o título de Nossa Senhora Aparecida deverão, segundo o documento da Penitenciária Apostólica, “com animo pronto e generoso” se oferecer para a celebração da Penitência e muitas vezes administrar “a Sagrada Comunhão aos enfermos”.

 

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Marina Silva Ribeiro comentou:

Fui em romaria diocesana do Rio de Janeiro, dia 26/08/2017 comunguem e rezamos pelo Santo Padre o Papa em nossa missa das nove horas da manhá , antes porém rezamos o Santo terço com o nosso Bispo D. Orani Tempesta rezei o terço no ônibus a camindo de Aparecida, sou Sou uma sócia devota com a graça de Deus.

respondeu:

Amém!

Maria de Fatima Belitardo comentou:

Belíssi.o Ano Mariano ,pois devemos fazer grupos da reza do santo terço e ir visitar as familias e rezar junto com elas.ao menos agendar com a familia que desejar.
As igrejas devem dar as suas colaborações para anunciar nas santas missas com um recadinhos por nos jornalzinho.
Os telefones do coordenadores desta equipe mariana.
Vai ser muito lindo, levar abreza do santo terço nas familias.

FERNANDO MATEUS UAMUSSE comentou:

Que o santo Papa não se esqueça de orar pelo humilde povo moçambicano, que se encontra em conturbações de variadas espécies. Tambem pedir que o Santo Papa ore pelos órfãos, viúvas e viúvos, e por todos povos oprimidos e vitimas de neoescravatura, para que o nosso senhor Jesus Cristo lhes conceda a oportunidade de sentir a presença da paz plena do senhor nos seus corações neste natal. E abencoar os doentes e presos para um caloroso consolo da parte do Senhor.

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.