Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 04 OUT 2018 - 15H13

Devoção à Padroeira do Brasil movimenta multidões em Sergipe e Manaus

Quando chega o mês de outubro, milhares de romeiros de todos os cantos do País convergem para o Santuário de Aparecida para celebrar a Novena e Festa em Honra à Padroeira do Brasil. Em outras regiões brasileiras onde existe a presença dos Missionários Redentoristas, a solenidade também é vivida com igual devoção e amor.

Cidade sergipana acolhe 200 mil em um dia

Na cidade de Nossa Senhora Aparecida, em Sergipe, a paróquia de mesmo nome deve receber até 200 mil devotos para a 15ª edição da Romaria que ocorre no dia da solenidade, 12 de outubro. A caminhada, que sai do Povoado de Queimadas, em Ribeirópolis (SE), percorre oito quilômetros até a cidade. É um momento que atrai pessoas das cidades próximas e também de outros estados. A cidade, que possui quase 10 mil habitantes, recebe uma multidão de devotos fervorosos. É uma das maiores manifestações religiosas do Estado sergipano. 

Neste ano, para atender o grande número de devotos, a paróquia prepara sete celebrações eucarísticas campais ao longo do dia festivo, em frente à matriz de Nossa Senhora Aparecida. O arcebispo metropolitano, Dom João José Costa, presidirá a missa das 10h e uma procissão solene está prevista para as 16h. Na sequência, a santa missa é presidida por Dom José Palmeira Lessa, arcebispo emérito.

Atualmente, dirige a paróquia o Missionário Redentorista Padre Douglas Gonçalves, que conta com o auxílio de outros missionários. Desde 2015, a Romaria é considerada Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado e foi incluída no calendário festivo de Sergipe.


Festejos em Manaus seguem temática de Aparecida

Em Manaus (AM), o Santuário Arquidiocesano dedicado à Padroeira do Brasil conta com uma grande programação nesse mês de outubro, com a atuação dos missionários redentoristas da Vice-Província de Manaus. A festa espera reunir mais de 80 mil devotos. Há alguns anos, a festa de Manaus trabalha toda a temática em total sintonia com o Santuário Nacional

Padre José Amarildo Luciano da Silva, vice provincial de Manaus, presidiu a missa de abertura no Santuário na noite de ontem (03). Ele recordou que o tema deste ano é uma oportunidade para fortalecer a esperança diante de tantos sofrimentos. 

"Nossa Senhora Aparecida é sinal de esperança para nós. Nesse ano, com esse tema 'Em Jesus, com Maria, restauramos a Vida', nós levamos a história de tanta gente sofrida que precisa ser restaurada, pessoas que foram desfiguradas pelo desemprego, pelo sofrimento, pela doença, e se colocam aos pés de Nossa Senhora e do seu Filho Jesus. Que sejam restaurados também a esperança, a fé, o amor do nosso povo que vive tempos difíceis, de desalento. Que nunca percamos a esperança, como nos pede sempre o nosso Papa Francisco", reza o padre. 

Reprodução.
Reprodução.
Primeiro dia da novena no Santuário de Nossa Senhora Aparecida em Manaus (AM)

No dia 12, solenidade nacional, no Santuário de Manaus, as comemorações começam às 5h30 da manhã, com uma carreata com a imagem. Em seguida, o tradicional café comunitário partilhado e missa solene reúnem os devotos. Pela tarde, a programação inclui o Ofício de Nossa Senhora às 14 horas, acolhida e oração dos devotos, procissão às 17h00 e missa campal de encerramento dos festejos, presidida pelo reitor do Santuário, padre Ronaldo Mendonça, C.Ss.R.  

Além da missa solene das 8h00, a programação do dia 12 de outubro também contará com uma segunda missa solene ao meio-dia, com a participação de 70 membros da Orquestra Amazonas Filarmônica e do Coral do Amazonas. A ideia é proporcionar uma atividade especial e extra para os devotos de Nossa Senhora nesse horário. 

Presença no Santuário de Aparecida - Padre Amarildo contou ainda que, no último dia da Novena no Santuário Nacional de Aparecida, 11 de outubro, um grupo de 45 peregrinos da unidade manauara irá participar de forma especial das celebrações. 

"Nós de Manaus vamos em romaria com 45 peregrinos, para estar em comunhão com tantos devotos que se encontram no Santuário Nacional. Existe uma alegria muito grande para participar desse momento. Aliás, estar com a Mãe é sempre um motivo de grande alegria. Nossa Senhora Aparecida, representada por este Santuário Nacional, é o símbolo da casa dela, onde encontramos acolhida, afeto e onde nós renovamos as nossas forças", disse. 

Acompanhe toda a cobertura da Festa da Padroeira 2018 em A12.com/Padroeira

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.