Por Eliane Dias Cassiano Em Artigos

Intenção do Papa para a evangelização para este mês de maio e o Congresso

maria_rv

A intenção do Papa para a evangelização, neste mês de Maio, é pelo anúncio de Cristo: “Para que Maria, Estrela da evangelização, guie a missão da Igreja no anúncio de Cristo a todos os povos”.

Como Maria evangelizou durante a sua existência terrena? Encontramos a resposta na sua própria vida, que esteve sempre ligada à vida de seu filho Jesus e, por isso, a tudo aquilo que o Evangelho nos narra. A existência de Maria, desde Nazaré até à Cruz e à ressurreição, foi totalmente evangelizadora, por corresponder ao modelo divino como co-redentora do gênero humano.

Maria evangelizou por meio das virtudes, imitando Jesus, fonte de todas as virtudes, às quais ela aderiu plenamente; Maria evangelizou pelo silêncio, vendo, escutando e praticando o que Jesus fazia. No seu silêncio, ela não se pronunciava, mas refletia, meditava e contemplava tudo em seu coração.

Desde a cidadezinha de Nazaré, Jesus começou a construir o Reino de Deus, evangelizava com a sua obra de simples carpinteiro e Maria se associava a esta evangelização. Maria era uma mulher que rezava e trabalhava em perfeita sintonia com seu Filho.

Jesus veio evangelizar os pobres e sarar os corações atribulados; Maria, no seu Magnificat, canta a atitude de Deus, que acolhe os humildes e simples, enquanto rejeita os soberbos e poderosos. Assim, Maria continua a obra evangelizadora de Jesus. Ela é a estrela radiante e luminosa, que ilumina os caminhos dos evangelizadores. Eis porque é chamada Estrela da Nova Evangelização.

Na Exortação Apostólica “Evangelii gaudium”, o Papa Francisco fala de um “estilo mariano na atividade evangelizadora da Igreja”. De fato, diz: “Sempre que dirigimos o nosso olhar para Maria, voltamos a acreditar na força revolucionária da ternura e do afeto”. E concluiu: “Peçamos à Mãe do Evangelho vivo para que interceda para que o convite a uma nova etapa evangelizadora seja acolhido por toda a comunidade eclesial”.

 Fonte –https://br.radiovaticana.va/storico/2014/05/02

A intenção do Papa para a evangelização neste mês de maio vem bem ao encontro da nossa proposta do VIII Congresso Mariológico, cujo tema será:  ‘Aparecida,chave de Leitura para a missão da Igreja no Brasil’. Este tema foi sugerido por Dom Raymundo Damasceno, Presidente da Academia Marial, baseado no discurso do Papa Francisco quando esteve em Aparecida em 2013: “Em Aparecida, Deus ofereceu ao Brasil sua própria Mãe… Há algo de perene para aprender sobre Deus e sobre a Igreja em Aparecida.”, disse o Papa.

Pensando nisto e baseado no ‘Evangelii gaudium’ foram desenvolvidos, juntamente com a Faculdade Dehoniana, os  temas das palestras do Congresso:

- Maria e a “cultura do encontro”– Pe. João Carlos Almeida, scj

- O Santuário como lugar de encontro – Dom Darci José Nicioli, CSsR

- A mística mariana da “Alegria do Evangelho” – Irmão Afonso Murad, FMS

- A mística missionária do Santuário e da Romaria – Pe. Alexandre Awi de Mello, ISch

- A estrela e mãe da nova evangelização – Irmã Sônia Delforno, MSCS

- O estilo mariano da Nova Evangelização – Pe. Marlos Aurélio da Silva, CSsR

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Eliane Dias Cassiano, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.