Por Pe. Valdivino Guimarães, CSsR Em Artigos

Maria, bendita pela arte

 3127_selos_vaticano_1954_mater_misericordia_ano_mariano_723111_mlb20497513211_112015_o

“Eis que agora as gerações hão de chamar-me bendita”

 

Com o caminhar da humanidade, esta profecia de Maria tem se cumprido. Basta analisar até mesmo no campo da arte o quanto é feito em vista deste bendizer a Santa Mãe de Deus. Na literatura, na pintura, na escultura, na arquitetura, na música e no teatro, em diversas manifestações de seu gênero e de sua arte, todas as gerações a proclamam bendita.selos_marianos5_1

A arte da filatelia (arte de colecionar selos) mostra que Nossa Senhora é uma mulher universal. Até na arte de confeccionar selos, pequenos pedacinhos de papel que selam correspondências mostram que as palavras da Virgem tem se cumprido pelo mundo afora. Em todo o mundo, milhares e milhares de selos, desde sua origem na Inglaterra em meados do século XIX, são confeccionados e emitidos. Esses pedacinhos de papeis com gravuras são usados como forma de pagar os serviços postais dos Correios. É quase impossível saber quantos selos direta ou indiretamente, foram dedicados à Nossa Senhora.

selos_marianos4

Estes selos retratam celebres madonas, santuários dedicados a Nossa Senhora, cenas evangélicas ou símbolos marianos bem como esculturas de artistas famosos, por isso, são apreciados por colecionadores, de tal forma que fazem opção por colecionar selos da temática sobre Nossa Senhora. Até nos serviços postais dos Correios cumpre-se a famosa profecia de Nossa Senhora: “As gerações hão de chamar-me bendita”. É curioso que até países sem nenhuma tradição cristã acabam participando dessa homenagem à Serva do Senhor.

 

 Pe. Valdivino Guimarães, CSsR

Diretor da Academia Marial de Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Valdivino Guimarães, CSsR, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.