Por Pe. Helder José, C.Ss.R. Em Artigos Atualizada em 27 MAR 2019 - 11H17

Maria: Mãe na vida, Mãe na morte

2º dia da Novena Solene - Mãe da Obediência em Cristo – Foto Thiago leon

Foto: Thiago Leon

 

O nosso coração batia forte nestes dias pela chegada de mais uma Novena e Festa da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Tivemos neste dia 03 de outubro a abertura das festividades com o Primeiro Dia da Novena. Logo no início, deu-se a entrada das bandeiras dos Estados da Federação, mostrando o Brasil que se volta para a Senhora Aparecida. Unidade de fé, de amor, de devoção histórica de um povo com sua Mãe querida.

“Maria: Mãe na vida, Mãe na morte.” Este foi o tema refletido neste primeiro dia de novena. A luta pela vida dos que se encontram em situações de morte. A luta pela vida que se retrata nos inúmeros mártires de ontem e de hoje, que consumiram e consomem seus dias em defesa da Vida, dom supremo de Deus.

Maria foi presença da misericórdia de Deus junto ao Seu Filho Jesus ao longo de toda a sua vida, indo com ele até aos pés da cruz. Ela sempre encoraja Jesus para que cumpra a sua missão. A Mãe que permanece firme junto a Jesus até o instante de recebê-lo ‘morto’ em seus braços.

Maria continua a missão do Seu Filho animando os discípulos, exortando-os a que continuassem firmes, não desistissem. Maria sabia que a morte não tinha a última palavra. Ela é Mãe nas situações difíceis e de morte, mas também socorro na hora da morte, a nós que lhe fomos confiados.

Maria, Mãe da Vida, Mãe de Misericórdia, que ampara, sustenta, socorre a todos os seus filhos, especialmente aqueles que vivem à margem da sociedade, sofrem injustiças, são excluídos.

Inspirados em Maria, a Igreja é chamada a oferecer a misericórdia do Pai ao mundo, mas também convidada a viver a misericórdia, experimentar a misericórdia. Num mundo tão marcado pelo egoísmo, se nós cristãos formos misericordiosos, faremos uma grande diferença.

Rezemos pelo Sínodo das Famílias que nos convida ao exercício da misericórdia, de modo muito particular, na realidade dolorosa dos Casais de segunda união.

Que Maria, a Mãe da Misericórdia nos ajude em nossa conversão ao longo desta novena!

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Helder José, C.Ss.R., em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.