Por Dom Raymundo Damasceno Assis Em Homilias

Homilia 4ªfeira de Cinzas (18/02/2015) – Dom Raymundo Damasceno

CF2015

CF: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

“Eu vim para servir”

(Mc 10,45)

 Cada ano, a Igreja  oferece aos batizados um tempo privilegiado de renovação ou de aprofundamento da nossa amizade com Deus para nos prepararmos para a celebração da Páscoa de Cristo e nossa páscoa.  A quaresma deve ser um verdadeiro retiro batismal, um retiro que nos convida a focar nossa vida  no essencial: a renovação, na noite de Páscoa, de nossa adesão a Cristo pela renovação das promessas batismais e a profissão de fé. Para se preparar para a Páscoa, a Quaresma é dada a nós batizados, como um tempo oportuno para reviver nossa vida cristã e retornar nosso coração  para Cristo.  Converter o coração, desviá-lo de todo mal e reorientá-lo para Deus, com amor e alegria. É isso que o Senhor nos convida a fazer e espera de nós, durante a Quaresma.

A bênção e a imposição das Cinzas sobre nossas cabeças colocam em evidência esta nossa disposição interior de conversão.

Na oração sobre as oferendas que vamos rezar antes de iniciar a oração eucarística, vamos suplicar a Deus a graça de dominar nossos maus desejos pelas obras de penitência e caridade para que purificados de nossas faltas possamos celebrar, com fervor, a festa da Páscoa, isto é, da paixão, morte e ressurreição de Cristo.

Como voltar para Deus?  Conhecendo nossa fraqueza, Jesus nos mostra o caminho de volta para Deus: a prática da esmola, da oração e do jejum.

A esmola significa viver o mandamento do amor que se traduz no compromisso de ajudar nosso irmão (a) a vencer suas dificuldades e aliviar  seus sofrimentos. A oração alimentada com a palavra de Deus é um canal importante da graça de Deus  para nos fortalecer na comunhão com Deus e nos ajudar na  superação do mal em nossa vida. Fundamental é também  a participação na Eucaristia, memorial da morte e ressurreição de Cristo.  Não podemos deixar de nos aproximar, sobretudo, na  Quaresma, do sacramento  da confissão para experimentar o perdão e a misericórdia de Deus pelos nossos pecados e a força para vencer o mal. Finalmente, o jejum que consiste em esvaziar-nos de nós mesmos, de tudo o que nos escraviza para experimentar uma verdadeira libertação interior.

Nesta caminhada rumo à páscoa, tem importância no Brasil, a Campanha da Fraternidade que tem como tema: Fraternidade: Igreja e Sociedade, e lema: “Eu vim para  servir” (Mc 10,45).

Com a CF deste ano, “a Igreja deseja aprofundar, à luz do evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a  Sociedade, propostos pelo Concílio Vaticano II, para melhor servir ao povo brasileiro no atual momento e contribuir com a construção do Reino de Deus.”

Com a CF de 2015, a Igreja reafirma à sociedade seu compromisso, a exemplo de Jesus, de se colocar a  serviço de todos os brasileiros na sua missão espiritual e religiosa que lhe é própria e de colaborar com todos na promoção da dignidade da pessoa humana, de seus direitos e do bem comum de todos os brasileiros.

A todos uma Santa Quaresma em preparação para a Páscoa de Cristo e nossa páscoa.

 [Ouça a homilia pela TV Aparecida]

Dom Raymundo Card. Damasceno Assis

Arcebispo de Aparecida, SP

Presidente da Academia Marial

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Dom Raymundo Damasceno Assis, em Homilias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.