Por Academia Marial Em Notícias

Academia Marial faz Assembleia de louvor e reflexão

No dia 08 de dezembro de 2012, festa da Imaculada Conceição, a Academia Marial de Aparecida realiza a Assembléia anual dos sócios, em obediência a seus Estatutos. Será um dia de louvor, estudo, partilha de idéias, mútuos conhecimentos e confraternização.

 

img_2764

Como centro de estudos, reflexão e pesquisa da teologia mariana a Academia constitui-se também numa forma especializada de evangelização do Santuário. É uma instância de catequese mariana ao mesmo tempo intelectual e popular. Cultiva o conhecimento estudioso e orienta a devoção a Maria na religiosidade popular. Portanto, oferece um suporte pastoral qualificado na evangelização do Santuário. Evangeliza a devoção popular e é por ela evangelizada. .

Desde sua fundação a sede da Academia é no 11º andar da torre. Está aberta ao público nos dias úteis, horário comercial. Tem biblioteca com mais de 2 mil volumes, e arquiva publicações diversas e textos acadêmicos. Mantém atualizado o arquivo de quase 400 associados, guardando a correspondência recebida e/ou enviada. Zela pela exposição das pinturas marianas das padroeiras dos países latino-americanos no subsolo do Santuário Nacional Os associados são pessoas dedicadas e cheias de amor a Nossa Senhora, interessadas em atividades intelectuais sem exclusão das devocionais.

Nos Congressos e nas Assembléias anuais e em outros encontros menores reúnem-se pensadores, escritores, palestrantes e estudiosos de Mariologia. O estudo e a devoção popular mariana são formas diferentes e complementares de se aproximar da Mãe de Jesus. A devoção a Nossa Senhora pode ser vivida como religiosidade popular comum, sempre carente de purificações, e como ciência ou saber teológico. “A piedade mariana sem teologia corre o risco de perder a lucidez, mover-se sem critérios e limites e degenerar-se em crendice. Já a teologia sem mística e piedade se degenera num discurso racional que se distancia do fascínio divino. Mostra-se desrespeitosa e pastoralmente inconseqüente”. (Ir. Afonso Murad). Por isso os acadêmicos participam de quaisquer estudos teológicos referentes ao papel de Maria na obra redentora de Cristo e com o mistério da Igreja. Com seus sócios e por meio deles a Academia promove e incentiva a cultura, a devoção, a espiritualidade mariana, tudo o que levar ao maior louvor e a glória da Mãe de Jesus e da Igreja.

Por “Academia Marial’ identifica-se a agremiação religiosa e cultural que se dedica a amar mais Nossa Senhora inspirando-se em seu modelo de vida cristã. Conhecendo melhor a sua fé, sua caridade, sua união com Jesus, sua disponibilidade e abertura ao projeto salvador divino. Seu verdadeiro lugar na história da salvação. Quem sabe o Santuário Nacional vai sediar um dia uma Faculdade Mariana, um centro especializado de estudos universitários, pesquisas e escritos mariológicos irradiando para todo o Brasil profundos saberes sobre o culto a Maria. A religiosidade popular mariana precisa da ajuda intelectual dos mariólogos, os estudiosos cristãos que vão descobrindo a importância da primeira discípula de Jesus na cultura, na literatura, na arte, nos anseios de justiça e fraternidade. Seria também uma fonte de espiritualidade alimentando os aspectos missionários de romarias “enviadas” pelas doceses, paróquias e comunidades e dinamizando o intercâmbio cultural religioso-ecumênico. Por ora, uma faculdade é utopia. A Academia Marial existe talvez como uma sementezinha dela. Os Congressos e as Assembleias já são eventos fortes de louvor e reflexão no esforço comum para responder aos anseios de uma devoção mariana para o nosso tempo.

Pe. Antonio Clayton Sant’Anna – C.Ss.R.
Diretor da Academia Marial

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.