Por Academia Marial Em Notícias

Carta aos associados da AMA

Diletos associados (as) da AMA,

 

academia marial logo.png

 

“Totus Tuus”

É tempo de escancarar nossos corações para fazer a experiência de Nosso Senhor Ressuscitado. É ocasião de deixar o supérfluo às margens do sepulcro, olhar para o essencial, de chegar à conclusão  de que Cristo é o Sol maior, e seu brilho, nem mesmo a morte foi capaz de ofuscar. A ocasião é propícia para pensar na semente que foi lançada da escuridão da terra e por ali permaneceu até o tempo de germinar e frutificar. É necessário que o grão de trigo morra, caso contrário, a missão não se realiza.

Depois do que celebramos na sexta-feira santa, não podemos ter o mesmo sentimento de Maria Madalena, o sentimento de que o corpo de Jesus Cristo havia sido roubado. Este sentimento é próprio daqueles que continuam presos à morte, ao túmulo. Não nos permitamos que a madrugada, ou seja, a escuridão tome conta de cada qual. Quem assim se comporta, não participa da alegria da ressurreição.

Deus confia uma missão à Virgem Maria, também a nós concede uma nobre missão junto a Academia Marial de Aparecida. A missão do associado da AMA é tão somente bendizer a Mãe do Belo Amor. Bendizer quer dizer, falar bem! Por meio de nossa dedicação, por meio de pesquisas, de estudos, da arte sacra, do poema e da música, correspondamos ao que pedem nossos estatutos.

Como é sabido, fui nomeado por Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis para a missão de zelar pela AMA como diretor. Confesso que meu pensamento é de que entre os associados há pessoas com mais capacidade que eu, não sou perito em Mariologia, nunca tive tempo de debruçar sobre pesquisas e estudos desta área. Só trago uma certeza: a do grande amor que tenho por Nossa Senhora, ela sempre foi depois de Deus e Jesus Cristo, meu maior amor, a ela está voltado meu coração! Esta certeza me concedeu  coragem para junto com vocês abraçar esta nobre missão.

Agradeço a Dom Raymundo Cardeal Damasceno Assis pela confiança a este trabalho. Ao dedicado Pe. Clayton, CSsR, minha gratidão pelo árduo trabalho em vista desta missão e pelas sementes que semeou, tenha a certeza de que vão frutificar no seu devido tempo.

Aos associados e associadas,  peço que caminhemos juntos, de mãos dadas… precisarei da ajuda de todos. Nunca esqueçamos que “a caminhada somos nós que fazemos, mas a beleza do caminho muito depende de quem caminha conosco”. Façamos a AMA conhecida, cumpramos nosso compromisso de associado, principalmente em fazer as pessoas conhecerem a Virgem Mãe de Deus.

Que a Virgem Trono da Sabedoria e S. José de Anchieta roguem a Deus por todos!

assinatura padre valdivino1.png

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.