Por Academia Marial Em Notícias

National Geographic destaca Nossa Senhora como “a mulher mais poderosa do mundo”

national_geographic

Uma das publicações mais conhecidas do mundo, a revista norte-americana National Geographic, destaca na capa de sua revista de dezembro a figura da Santíssima Virgem Maria, a quem chama "a mulher mais poderosa do mundo". Apesar do conteúdo ter uma perspectiva secular, o artigo destaca o inegável fato religioso do extenso culto à Mãe de Deus ao redor do mundo e os abundantes testemunhos sobre sua intercessão a favor dos homens.

O artigo, escrito pela repórter Maureen Orth, contem chamativas fotografias de Diana Markosian na colina de Medjugorje, em um templo da Polônia, no México, Egito, Haiti, e no Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, França. Dois chamativos infográficos apresentam as numerosas aparições da Santíssima Virgem ao redor do mundo e em particular na Europa, onde sua rica história cristã conserva um maior número de manifestações da Mãe de Deus.

O texto do artigo apresenta testemunhos de devotos que afirmam ter recebido favores da Santíssima Virgem - inclusive uma notável cura de câncer - e destaca aparições recentes como as de Nossa Senhora de Kibeho em Ruanda, onde a Santíssima Virgem advertiu sobre o genocídio que efetivamente sucedeu com uma notável fidelidade às pregações. Um investigador, Michael O'Neill, afirmou à revista que se tem registro de mais de duas mil aparições marianas desde o Concílio de Trento e que destas somente 16 foram formalmente reconhecidas pela Santa Sé.

Orth mostra também como a figura da Santíssima Virgem Maria é tão relevante que pode dar forma à identidade de nações inteiras como é o caso do México após as aparições de Nossa Senhora de Guadalupe. A repórter relatou como a figura retratada inexplicavelmente no portentoso tecido contem uma simbologia indígena capaz de evangelizar aos nativos como "um catecismo não verbal", se conservou durante séculos apesar de que as condições naturais não o permitiriam e inclusive sobreviveu sem dano algum a um atentado com explosivos justo diante do tecido.

Finalmente, o artigo refere como a Santíssima Virgem é venerada inclusive por não cristãos, como sucede no Egito e descreve o ambiente que se vive no Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, "a fábrica de milagres da Virgem" segundo a redatora, onde se registram mais de sete mil curas materialmente inexplicáveis desde meados do século XIX.

A reportagem destaca o papel de Maria no mundo Islã. Poucos sabem  mas a Virgem Maria é considerada no  mundo muçulmano com a mulher mais santa entre todas as mulheres, conhecida com a Mãe de Jesus.

 

5 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.