Por Academia Marial Em Notícias

Santuário de Nossa Senhora da Piedade acolhe 43ª Romaria Vicentina

 

Nossa Senhora da Piedade

No dia 27 de julho ocorrerá a Romaria dos Vicentinos ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade (Minas Gerais). O ato é promovido pela Sociedade de São Vicente de Paulo através do Conselho Metropolitano de Belo Horizonte.

O Conselho Metropolitano de Belo Horizonte espera que por volta de oito mil fiéis provenientes de todas as regiões do Brasil visitem a Casa da Padroeira de Minas Gerais, localizada na cidade de Caeté, a 48 quilômetros de Belo Horizonte.

Às 7h do dia 27 os romeiros participarão da encenação da Via-Sacra e às 11h será celebrada a Missa na Praça Cardeal Mota, localizada em frente à Ermida do Santuário.

A Romaria Vicentina já é tradição em Minas Gerais e tem por cenário a Igreja chamada de Ermida, localizada no alto de uma montanha a 1746 metros de altitude. (EPC)

 

A imagem

Localizada na Ermida do Santuário, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, magnífica e inspiradora, abençoa Minas e seus peregrinos. Esculpida em madeira (cedro) no século 18, a imagem é atribuída a Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.
A representação de Nossa Senhora da Piedade é figurada portando uma auréola de sete estrelas, que simboliza suas sete dores, enfatizadas pela expressão de angústia e tristeza, que geralmente a acompanha.
Milhares de fiéis procuram o Santuário da Padroeira de Minas para “pagar promessas” pelas graças alcançadas por intercessão da Mãe Piedade.

A mística missionária dos Santuários e das Romarias

Em sua palestra  A mística missionária dos Santuários e das Romarias, no VIII Congresso Mariológico, da AMA, Pe. Alexandre Awi destacou que os santuários são “centros de evangelização” de primeira categoria, onde se fazem experiências místicas missionárias.

Os diversos títulos e os santuários espalhados por todo o Continente testemunham a presença próxima de Maria às pessoas, e ao mesmo tempo manifestam a fé e a confiança que os devotos sentem por ela. Ela pertence a eles e eles a sentem como mãe e irmã.: “O caminhar juntos para os santuários e o participar em outras manifestações da piedade popular, levando também os filhos ou convidando a outras pessoas, é em si mesmo um gesto evangelizador”.  (EG 124)

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.