Código Personalizado
Revista de Aparecida

Terra Prometida governada por um “faraó”

Escrito por Pe. Domingos Sávio da Silva, C.Ss.R.

19 OUT 2022 - 13H40 (Atualizada em 10 JAN 2023 - 13H58)

Fábio Colombini

Finalmente chegara o tempo sonhado por Deus de fazer a oferta máxima de salvação à sua amada humanidade. “Jesus nasceu em Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes. Então chegaram a Jerusalém alguns Magos do Oriente e perguntaram: ‘Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo’. Quando ouviu isso, o rei Herodes ficou atordoado e, com ele, toda Jerusalém” (Mt 2,1-3).

Que decepção! Herodes, o chefe do povo escolhido, e Jerusalém, a capital da Terra Prometida, ficam atordoados em vez de se alegrarem com a vinda de seu definitivo Rei-Messias-Salvador, tão prometido por Deus e anunciado pelos profetas.

Para onde foi aquela exultação do profeta pela chegada do Messias: “Canta jubilosa, filha de Sião! Grita de alegria, Israel; regozija-te e exulta de todo o coração, filha de Jerusalém! Javé revogou tua condenação, dispersou teu inimigo. O rei de Israel, o próprio Javé, está no meio de ti, não deverás mais temer o mal”. (Sf 3,14s.)

Sim, “o próprio Javé”, “o rei de Israel”, em vez das portas jubilosamente escancaradas para si na pessoa de seu Messias, encontra fria rejeição! Estava irreconhecível aquela terra: nada de lugar da liberdade, da abundância, a terra-paraíso onde correria leite e mel! Contra todas as divinas esperanças, no sentido contrário de seus planos, aquela terra estava se fazendo cópia fiel da “fornalha de ferro do Egito” (Dt 4,20).

Sim, a partir de seu rei-Herodes, versão perfeita e atualizada do “faraó” dos tempos do Êxodo, que mandara matar os filhos de seus escravos hebreus, essa terra não passava de um novo “Egito”. Herodes e Jerusalém ou o Povo, ambos de coração atordoado! Mas, não apenas um novo “Egito” e sim um “Egito” pior que o Egito histórico, pois esse até se torna local de refúgio, de proteção para o Messias sob risco de vida no pior “Egito”!

Em sonho noturno, Deus, por meio de seu anjo, orienta José: “Levanta-te, toma o menino e a mãe dele e foge para o Egito. Fica lá até eu te avisar, porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo” (Mt 2,13).

Com esse propósito exterminador, somado à matança de “todos os meninos de dois anos para baixo em Belém e nas vizinhanças” (v. 16), o que ainda faltaria para identificar Herodes com aquele faraó, que mandara matar os meninos filhos dos hebreus no Egito (cf. Êx 1,15s.), inclusive o bebê Moisés?

Morto o “faraó” Herodes, Deus retoma sua incansável e invencível esperança de ter um povo realmente seu numa terra de liberdade e abundância de vida. Novamente por meio de seu anjo, retorna até José: “Levanta-te, toma o menino e a mãe dele e vai para a terra de Israel, pois já morreram os que estavam procurando matar o menino” (Mt 2,20).

Sob Moisés, Deus chamara da escravidão para a liberdade e a vida, seu povo Israel, que agora o rejeitava em seu Messias. Mas, dessa vez sim, com toda verdade, era seu legítimo povo que Ele chamava do Egito, na pessoa e a partir de seu encarnado Filho Messias: “do Egito chamei meu filho” (v. 15b), “o primogênito entre muitos irmãos” (Rm 8,29b).

Povo, aliás, sempre tentado pelo Egito escravizador: “Sabeis que os chefes das nações as dominam e que os grandes as tiranizam. Mas, entre vós não deve acontecer isso. Ao contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro seja vosso escravo”. Mais que de suas palavras, a alternativa nasce dele mesmo, de sua vida e atitudes: “É assim que o Filho do homem veio, não para ser servido, mas para ser- vir e dar a vida para resgatar a multidão” (Mt 20,25b-28).

• Servir e não ser servido/a é de fato o que me norteia?

• Busco eleger candidatos que dão esperança de lutarem pelo bem do povo?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Domingos Sávio da Silva, C.Ss.R., em Revista de Aparecida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.