Por Jovens de Maria Em Comportamento Atualizada em 06 JUL 2018 - 12H32

Como ser testemunha do Evangelho no meu dia a dia?

Gostaria de começar a resposta à pergunta, citando um grande santo, São Gregório de Nissa: “São três as coisas que manifestam e distinguem a vida cristã: a ação, a palavra e o pensamento. Das três, tem o primeiro lugar o pensamento. Em seguida, a palavra, que nos revela o pensamento concebido e impresso no espírito. Depois do pensamento e da palavra vem, na ordem, a ação, realizando por fatos o que o espírito pensou” (Tratado sobre a verdadeira imagem do cristão).

:: Por que os apóstolos seguiram Jesus?


Peço desculpas pela longa cita, mas acho que vai direto ao ponto: ser testemunha do Evangelho implica que toda a nossa pessoa, pensamentos, palavras e ações transmitam Cristo. É necessária, em outras palavras, uma coerência entre o que pensamos, dizemos e fazemos e aquilo que acreditamos.

O Senhor Jesus dizia aos seus apóstolos que a boca fala do que está cheio o coração. Se muitas vezes não conseguimos ser testemunhas de Cristo, é necessário que nos perguntemos: de que está cheio o meu coração? Quais são meus pensamentos e sentimentos habituais? Quais são as minhas motivações?

O Senhor Jesus também dizia aos seus apóstolos que ninguém acende uma luz para depois colocá-la debaixo da mesa, senão num lugar alto, para que ilumine toda a habitação. Porém, quando o nosso coração está cheio de futilidades, quando a nossa oração é pobre e burocrática, quando não buscamos o alimento interior nos Sacramentos e na Palavra de Deus, essa luz se apaga e não damos testemunho do Evangelho.

Ser testemunha do Evangelho no dia-dia é compartilhar com naturalidade o seu encontro com Deus. Não é falar de teorias, senão das maravilhas que Deus obra na sua vida. Mas, para isso, é necessário um cultivo, um caminho em que seu coração vai se abrindo à ação de Deus, que está sempre batendo à porta do seu coração. Busque ajuda de outras pessoas, da sua idade ou mais amadurecidos, que o possam ajudar a abrir essa porta cada vez mais. Compartilhe com eles os seus avanços e quedas, pois é muito difícil perseverar sozinho na vida cristã.

Mas, sobretudo, muito ânimo e esperança, porque Deus sempre lhe dá a sua força para ser a sua testemunha, pois ele quis escolher vasos de barro para carregar o mais maravilhoso conteúdo, a Boa Notícia da Salvação de toda a humanidade.


Martín Ugarteche Fernández, Sodalício de Vida Cristã

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.