Por Padre Luiz Camilo Junior, C.Ss.R Em Crescendo na Fé Atualizada em 06 DEZ 2018 - 11H08

Qual o significado dos presentes dos reis magos?

Todo ano celebramos o Natal, montamos nossos presépios e, lá em janeiro, celebramos o Dia de Reis. Mas é bem provável que a gente ainda não tenha de cór o significado de cada presente levado pelos três reis magos. Por isso, conversamos com Pe. Camilo pra nos ajudar a entender. Se liga!

O presente que oferecemos é sempre expressão e reconhecimento de um gesto de amor que recebemos. O presente, antes de gerar alegria no coração de quem o recebe, é expressão do amor presente no coração de quem o oferece.

shutterstock
shutterstock

Os reis do oriente que vieram a Belém adorar o Menino Deus, vieram trazendo em seus corações a esperança. Estes reis vieram de lugares diferentes e se encontraram, buscando um mesmo sentido para o surgimento de uma luz nova que começou a brilhar no céu.

Melquior, cujo nome quer dizer “meu Rei é luz”, veio de Ur, na Caldeia. É ele quem oferece o ouro;

Gaspar, cujo nome quer dizer “aquele que vai confirmar”, veio do mar Cáspio. É ele quem oferece o incenso;

Baltazar, cujo nome quer dizer “Deus manifesta o Rei”, veio do Golfo Pérsico. É ele quem oferece a mirra.

O presente do ouro oferecido para Jesus mostra o reconhecimento de que aquela criança, mesmo em sua pequenez e fragilidade, é o verdadeiro Rei. Um Rei muito diferente do rei Herodes, que encontram em seu palácio exuberante e em seu amor ao poder. Jesus é o Rei na manjedoura. É o Rei no colo de Maria. É o Rei em cada coração que o acolhe. E, no reino de Jesus, se vive o poder de amar.

O presente do incenso mostra que os magos reconhecem naquela criança, tão humana, o próprio Deus, em seu mistério divino de amor. O incenso era algo oferecido somente para as divindades.

O presente da mirra simboliza que aquele Rei Divino também é verdadeiramente humano. Ele irá sentir a nossa dor e irá passar pela experiência da nossa morte. A mirra era usada para preparar os corpos para o sepultamento. Então, ao oferecer mirra ao menino Jesus, os magos enxergam em sua humanidade a grandeza do amor de Deus, que assumiu viver na nossa carne.

Por isso, nos reis magos do oriente está o ser humano que, na luz da estrela, vai até Cristo para adorá-lo em sua humanidade. Os três reis representam as raças e os povos de todo o mundo. Assim, a Epifania recorda-nos que o único lugar onde podemos encontrar Deus nesta terra é na humanidade de Jesus. Ele é o maior sinal de Deus para a vida do povo. Após encontrarem o Menino, a estrela desapareceu, pois ela era apenas sinal de onde se encontrava a verdadeira luz, que é Jesus.


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Padre Luiz Camilo Junior, C.Ss.R, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.