Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 22 MAR 2018 - 09H33

Papa Francisco: “o coração da Igreja é jovem”

Desde o dia 19 até o próximo dia 24, cerca de 300 jovens de todo o mundo participam de uma reunião em Roma que prepara o Sínodo da juventude. Nesse período, os participantes (católicos, de outras religiões e até ateus) debatem as temáticas propostas pela Igreja, além de contar com a opinião de milhares de jovens por meio das redes sociais.

Santa Sé
Santa Sé

Na segunda-feira (19), o Papa Francisco esteve no Pontifício Colégio Internacional “Maria Mater Ecclesiae” na abertura da reunião e disse que “os jovens devem ser levados a sério”.“Falem com coragem, digam o que vocês gostariam de dizer. Se alguém se sentir ofendido, peçam perdão e continuem (...). Parece-me que estamos rodeados por uma cultura que, por um lado, idolatra a juventude, tentando não deixá-la passar jamais, de outro, exclui tantos jovens de serem protagonistas”.

O Santo Padre ainda acrescentou que todo jovem tem uma vocação:

“Deus ama cada um e a cada um faz pessoalmente um chamado. É um presente que, quando é descoberto, enche de alegria. Estejam certos: Deus tem confiança em vocês, ele os ama e os chama. (...) Ele faz a vocês a pergunta que um dia Ele fez aos primeiros discípulos: “O que vocês estão procurando?”. Ele convida vocês a partilhar a busca da vida com Ele, a caminhar juntos. E nós, como Igreja, desejamos fazer o mesmo, porque não podemos deixar de partilhar com entusiasmo a busca pela verdadeira alegria de cada um”.

Lendo também e-mails de jovens enviados para o Sínodo, o papa se mostrou surpreso de que a juventude tem sentido falta e pedido de uma presença mais próxima de adultos.

Santa Sé
Santa Sé

“Uma jovem observou que aos jovens faltam pontos de referência e que ninguém os encoraja a ativar os recursos que possuem. Então, ao lado dos aspectos positivos do mundo juvenil, ela destacou os perigos, entre os quais o álcool, as drogas, uma sexualidade vivida de modo consumista.

E concluiu quase com um grito: “Ajudem o nosso mundo juvenil que se desmorona cada vez mais”. Não sei se o mundo juvenil se desmorona cada vez mais. Mas eu sinto que o grito dessa jovem é sincero e requer atenção. Também na Igreja devemos aprender novas formas de presença e proximidade”, alertou o Pontífice.

E finalizando, Francisco disse que a Igreja precisa recuperar o entusiasmo da fé e o gosto da busca e que isso pode ser ofertado por meio da juventude.

“Queridos jovens, o coração da Igreja é jovem precisamente porque o Evangelho é como uma linfa vital que a regenera continuamente. Cabe a nós ser dóceis e cooperar nesta fecundidade (...).

Devemos arriscar, porque o amor sabe arriscar; sem arriscar, um jovem envelhece, e a Igreja também envelhece. Portanto, precisamos de vocês, pedras vivas de uma Igreja com um rosto jovem, mas não maquiado: não artificialmente rejuvenescido, mas reavivado de dentro”.

O Vatican News fez um vídeo com os jovens que representam o Brasil na reunião pré sinodal:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.