Por Danielle Santos Em Notícias

Abacaxi contra a prisão de ventre :

Abacaxi contra a prisão de ventre :

Originário dos trópicos, seu nome vem do tupi-guarani “bá kati”, que quer dizer “fruto de cheiro forte”. Como possui muitas fibras, que facilitam o trânsito intestinal, consumi-lo regularmente ajuda a prevenir o intestino preso. Suas boas doses de vitamina C ainda protegem o corpo contra processos oxidativos por trás de encrencas como a aterosclerose (o entupimento das artérias) e tumores. De quebra, é pouco calórico: duas rodelas (100 gramas) concentram apenas 49 calorias. Sua casca ainda é dotada de muita vitamina C. Para não desperdiçar o nutriente, é só lavá-la e batê-la com o restante da fruta. Depois, coe tudo!

O que é melhor: pão integral ou tapioca?

É preciso levar em conta o contexto da dieta. Apesar de baterem de frente em calorias, o pão integral carrega mais vitaminas e fibras, o que lhe rende maior poder de saciar. A tapioca, por outro lado, destaca-se por ter bem menos sódio e nada de glúten – sinal verde para quem possui intolerância à proteína. De modo geral, os nutricionistas recomendam alterná-los na rotina.

Alimentos anti-inflamatório :

Esse tipo de alimento auxilia na redução de risco ou na prevenção de doenças crônico-degenerativas. Os melhores exemplos são as frutas, os legumes, as verduras e as ervas aromáticas. Dentre eles, podem ser destacados linhaça, alho, uvas e frutas vermelhas, vegetais verde-escuros e açafrão.

Leite de magnésia :

Trata-se de um medicamento feito à base de hidróxido de magnésio e atua como antiácido e laxante. Pode ser utilizado para aliviar a azia, excesso de acidez no estômago, prisão de ventre, má digestão e azia da gravidez. Mas pode provocar enjoo, vômito e diarreia se ingerido inadequadamente. Com a recuperação dos níveis de magnésio, ocorre o aumento de peristaltismo intestinal: o ácido clorídrico do suco gástricose junta ao nutriente, formando o cloreto de magnésio. A fórmula absorve a umidade do meio e lubrifica o intestino, levando aos benefícios já citados.

Fonte: Revista Viva Saúde.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Danielle Santos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.