Por Andresa Custódio Em Notícias

Como descartar corretamente a maquiagem

 

Sombras, blushes, bases, gloss, rímel, batons, tudo deve ser colocado junto com o lixo comum. Os materiais que contêm cera em sua composição (como os batons e lápis) não são prejudiciais ao meio ambiente, embora possam demorar muito tempo para se decompor.

As embalagens das maquiagens e dos cremes são prejudiciais ao meio ambiente, elas devem ser limpas e colocadas no lixo reciclável, de acordo com a sua composição.

Os esmaltes e removedores são tóxicos. É preciso limpar os frasquinhos, lavar e só então colocá-los com outros recicláveis.

Xampu e condicionadores podem ser descartados normalmente nos ralos e privadas.

Atualmente, a lista de fabricantes que se responsabilizam pela coleta e descarte adequado de seus cosméticos é muito pequena. Mas algumas marcas possuem iniciativas que servem de exemplo.

Em parceria com a TerraCycle, a Avon criou um programa para coletar embalagens e resíduos de maquiagem e esmaltes de qualquer marca. A participação é gratuita e aberta a todo território nacional. Basta se cadastrar no site, imprimir uma etiqueta pré-paga pela organização e levar o pacote a uma agência dos Correios. A quantidade mínima para envio são 30 unidades. Podem ser enviados: embalagens de maquiagem de plástico ou papel, tubos e frascos de maquiagem, vidros de esmaltes, pincéis e esponjas de maquiagem e estojos de maquiagem em geral.

Quem for à loja Ikesaki, especializada em cosméticos, no bairro da Liberdade, em São Paulo, vai encontrar um coletor da Risqué em formato de um vidro de esmalte gigante. É nesse local que esmaltes de qualquer marca podem ser descartados. Quando recolhidos, eles vão parar na indústria de cimento como fonte de energia.

 

Fonte: Universo Jatobá

Lar Natural 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Andresa Custódio, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.