Notícias

É pecado atender Testemunhas de Jeová?

Escrito por Rádio Aparecida

27 JAN 2022 - 11H23 (Atualizada em 27 JAN 2022 - 15H34)

Photographee.eu/Shutterstock

O ouvinte Matheus Gabriel, da cidade de Poços de Caldas (MG), teve a mesma experiência que muitos de nós, católicos, já vivenciamos de ouvir o bater da porta e nos depararmos com outro irmão de crença diferente para falar sobre sua religião, muitos deles são Testemunhas de Jeová.

Sua dúvida é sobre isso:

É pecado atender Testemunhas de Jeová?


No Evangelho de Jo 17, 20-23, Jesus, em sua longa oração de despedida, diz que:

"Eu não te peço só por estes mas também por aqueles que vão acreditar em mim por causa da palavra deles, para que todos sejam um como Tu, Pai, estás em mim e eu em Ti e para que também eles estejam em Nós, a fim de que o mundo acredite que Tu me enviaste. Eu mesmo dei a eles a glória que Tu me destes para que eles sejam um como Nós somos um, eu neles e Tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade e para que o mundo reconheça que Tu me enviaste e que Tu os amastes como amastes a mim".

O que Jesus pede é a unidade no amor, ou seja, ter uma atitude respeitosa e de acolhida ao outro, mesmo que ele pense e reze diferente da gente, pois a fé em Cristo alimenta em todos nós a mesma esperança. Jesus nos pede que vivamos o amor concreto ao outro, respeitando as suas diferenças e buscando alimentar o que nos une e o que é o essencial para nossa vida.

É preciso lembrar que podemos rezar diferente, ter concepções diferentes de fé, de doutrina, mas, atrás de tudo isto, está a pessoa humana, que merece todo nosso respeito, carinho, acolhimento e atenção e que, acima de tudo, todos nós sofremos da mesma maneira: a dor, o sofrimento, fome, abandono, frio, morte e buscamos a salvação e o amor de Deus em nossa vida.

É claro que temos que ter em mente que cada Igreja Cristã tem sua doutrina própria, seu modo de rezar e celebrar a fé. O Evangelho é o mesmo, porém a forma de celebrá-lo muda dentro das várias confissões cristãs. Por isso, não é pecado nenhum receber bem o irmão de diferente confissão, ser amável dar atenção e respeito, como nós gostaríamos de ser tratados quando fazemos uma Missão Popular, por exemplo.

O importante é que, tendo uma convicção firme e madura de nossa fé e doutrina, cabe a nós escutá-los, agradecer aos irmãos a oportunidade de ter orado e escutar da palavra de Deus juntos, deixá-los cientes da firmeza e convicção de sua fé e que vai rezar pelo êxito de sua missão. 

Pecado vai ser querer escorraçar, atender mal, brigar e defender a qualquer custo a Doutrina Católica, deixá-lo batendo na porta sem atender, etc.

:: Ouça mais dúvidas religiosas aqui!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.