Notícias

Enchentes no Brasil: saiba como reverter esse fenômeno

Escrito por Rádio Aparecida

14 JAN 2022 - 11H00 (Atualizada em 14 JAN 2022 - 12H02)

Chuvas enchentes, alagamento, Rio Grande do Sul_foto: EBC Agência Brasil

No último mês, cerca de 11 estados vivem um momento crítico: as enchentes. Mais de 800 mil pessoas estão sendo afetadas por este problema, em que infelizmente já foram contabilizadas algumas mortes. Porém, no verão esse fenômeno natural é muito mais comum do que parece.

Jéssica Ogassawara, engenheira agrimensora, foi convidada pela Rádio Aparecida para explicar sobre o assunto e como se prevenir. Ela é doutoranda em recursos hídricos e atua em grupo de pesquisas voltados a cheias em bacias hidrográficas.


O que pode causar uma enchente e quais as consequências?

Alguns fatores podem contribuir, como as chuvas intensas, que causam grande volume de água. A complicação é que não há uma drenagem eficiente; falta uma infraestrutura nas cidades para essa grande quantidade de água, ocasionando as enchentes e inundações em determinados pontos. Um dos problemas que ocasiona esse fenômeno nas cidades é o aumento da população com maior quantidade de ruas e casas, causando impermeabilização do solo. Outro ponto que também gera enchentes é a falta da destinação correta dos resíduos, ocasionando o entupimento dos bueiros, os canais de drenagem e a captação de água da chuva. As margens dos rios não são apropriadas para urbanização, sendo também um ponto crítico para as inundações. 

Há maneiras de combater as enchentes?

É possível minimizar os efeitos tendo bastante área coberta de vegetação nas cidades, para que ocorra a drenagem natural da água da chuva. Em condomínios, por exemplo, dá para criar os chamados "telhados verdes" com esse intuito de drenagem e, nas grandes cidades, os jardins verticais também entram como alternativa. Outro agravante é o desmatamento, que deve ser erradicado o mais urgente possível, buscando a preservação das matas ciliares

As enchentes podem provocar doenças?

Ao ter contato com a água é possível adquirir doenças, como micoses, hepatite, diarreia, leptospirose, entre outras. A leptospirose, a mais conhecida por ser contraída nesses momentos, é uma doença infecciosa causada por uma bactéria presente na urina do rato e com o contato com a pele causa diversos problemas. É importante evitar o contato com a água da enchente, porém se não for possível, tentar se proteger ao máximo, com luvas e botas plásticas, saco plástico nas mãos e nos pés. Se aparecerem sintomas como vômito, diarreia e sangramentos, procure um médico.

Confira mais cuidados com enchentes ouvindo o áudio acima.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.