Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 30 JAN 2019 - 15H44

Samarco deve R$ 350 milhões ao Ibama por desastre em Mariana

Shutterstock.
Shutterstock.
Nenhuma legenda adicionada


Após três anos do rompimento da barragem do Fundão, em Mariana (MG), a mineradora Samarco, que tem a Vale como uma das suas principais acionistas, ainda não fez nenhum pagamento de multa ambiental ao Ibama. A companhia deve mais de R$ 350 milhões.

Além disso, a dificuldade é extrema em conseguir fazer chegar os recursos das indenizações às famílias atingidas pelos desastres. O prefeito de Mariana, Duarte Junior, lamenta a falta de recursos e torce para que a história não se repita em Brumadinho.

“As mineradoras não deixam de colocar os recursos. Em Mariana já foram colocados mais de R$ 4 bilhões, porém o dinheiro não chega às pessoas que realmente precisam. Em Mariana, as indenizações estão muito lentas. Talvez apenas 5% das pessoas tenham sido indenizadas.”

Confira a reportagem completa:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.