Brasil

Censo do IBGE: Por que e para quê?

Padre Inácio_3 (Juan Ribeiro / Rede Aparecida)

Escrito por Pe. Inácio de Medeiros, C.Ss.R

03 MAI 2021 - 08H53 (Atualizada em 03 MAI 2021 - 09H06)

Raimundo79/Shutterstock Censo ibge (Raimundo79/Shutterstock)

O que é um CENSO? É a mesma coisa que recenseamento, ou seja, é um conjunto das operações realizadas para recolher, agrupar e publicar dados demográficos, econômicos e sociais relativos a um momento determinado ou de certos períodos, de todos os habitantes de um país ou território.

Trata-se, portanto, de uma ferramenta muito importante para qualquer sociedade.

No caso do Brasil, o censo vai poder detectar as novas características e a nova realidade não só de uma determinada região, mas de todo o país.

Pixabay
Pixabay
"Naqueles dias foi promulgado um decreto de César Augusto, determinando o recenseamento do mundo inteiro" (Lc 2, 1 ss.)


Você se lembra que a Bíblia nos conta que José e Maria tiveram que viajar para a cidade de Belém, de onde eram originários, para ali participar do Censo organizado pelo Império Romano?

Pois então, o censo já era realizado desde a antiguidade, permitindo aos governantes conhecerem mais a fundo a sociedade que governam, suas características próprias, podendo, assim, traçar linhas de ação e elencar prioridades mais condizentes com a realidade da sociedade que governam.

Leia MaisCristãos no Século XXI: Qual o futuro da Igreja?Pensar a realidade: Um desafio filosófico na modernidade No nosso caso, certamente as características do país estão mudando significativamente com o fenômeno da pandemia, assim como mudou drasticamente no passado após situações de pandemias ou de epidemias que o mundo sofreu.

Por exemplo: Mesmo sem o censo, já é possível saber que, em algumas cidades ou regiões, nos dois anos da pandemia temos mais mortes que nascimentos. Isso certamente vai alterar as condições sociais do país.

Já sabemos também que o Brasil vive um processo de envelhecimento, ou seja, para o futuro, tão importante quanto a política para as crianças, será a política para os idosos.

Com a justificativa que falta dinheiro, a não realização do censo é mais uma prova do desgoverno que estamos vivendo e, infelizmente, o STF precisou interferir mais uma vez. A cada intervenção do STF, o governo vai perdendo a sua credibilidade, que já é bem menor do que quando assumiu o poder.

Escrito por
Padre Inácio_3 (Juan Ribeiro / Rede Aparecida)
Pe. Inácio de Medeiros, C.Ss.R

Redentorista da Província de São Paulo, graduado em História da Igreja pela Universidade Gregoriana de Roma, já trabalha nessa área há muitos anos, tendo lecionado em diversos institutos. Atuou na área de comunicação, sendo responsável pela comunicação institucional e missionária da Província de São Paulo, atualmente é diretor da Rádio Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.