Por Valquíria Vieira Em Brasil

Mães: diferentes no jeito, iguais no amor

Mães Diferentes.png
Mães diferentes.png

Com a proximidade do Dia das Mães o A12.com entrevistou Cristina Cançado, pedagoga e autora de um livro sobre educação dos filhos que falou sobre a definição de mãe a partir de sua experiência. “Ser mãe é assumir com amor, com seriedade e compromisso a responsabilidade que lhe cabe na criação dos filhos”, define.

Para Cristina, que também mantém um blog com dicas e orientações para os pais na educação dos filhos, o que torna todas as mães iguais é o amor aos filhos. Mesmo com os diversos tipos de mães: mãe jovem, mãe mais velha, mãe de coração, mãe que trabalha fora, mãe distante, entre outros.

“O que todas as mães têm em comum e que todos os filhos precisam saber é que mães são seres humanos que erram, acertam, mas acima de tudo que amam os filhos e querem sempre o melhor para eles”.

 

"O maior desafio de ser mãe é conseguir tomar decisões acertadas nos momentos de colocar limites e sustentá-los". 

A pedagoga acredita que o maior desafio em ser mãe está na forma de tomar as decisões.

“O maior desafio de ser mãe é conseguir tomar decisões acertadas nos momentos de colocar limites e sustentá-los. Há mães que acreditam que ao dizerem “não” para os filhos estão demonstrando que não os amam. Isso não é verdade. Colocar limites é necessário e, muitas vezes, urgente para o desenvolvimento saudável das crianças. A mãe que trabalha fora o dia todo ainda tem mais desafios, pois também precisa lidar com a falta de tempo. Conciliar trabalho e criação dos filhos não é tarefa fácil, mas é possível e pode dar muito certo”, indica.

Cristina Cançado preparou para o A12.com algumas dicas para os diferentes tipos de mãe, confira:


♥  ♥  ♥   Mães que trabalham fora  
 
♥ A vida familiar tem urgências que, muitas vezes, faz a mãe se sentir culpada pela ausência. No entanto, além de se organizar para dar conta de tudo é fundamental que a mãe saiba que o que vale, de fato, é a qualidade do tempo que a mãe passa com os filhos, é isso que vai fazer a grande diferença.
 
♥ Não deve existir sentimento de culpa e sim a busca pela qualidade do tempo que se passa em família.

 

♥  ♥  ♥   Mães que se dedicam exclusivamente à educação dos filhos  
 
♥  Ter o cuidado de não exceder na proteção e permitir que os filhos façam escolhas no dia a dia para que aprendam a ser independentes.

♥ Não esquecer de si mesma, que reservem o tempo para fazer algo que apreciem e sair um pouco da rotina da casa.

 

♥  ♥  ♥   Mães de primeira viagem

♥ A mãe precisa conhecer bem o seu filho para saber como agir e intervir de maneira adequada, que permita ao filho se desenvolver de maneira plena e saudável e principalmente, construir vínculos amorosos sólidos que irão permitir passar pelas adversidades mais fortalecidos. 

♥ Mãe e filho mais fortalecidos emocionalmente passam com mais tranquilidade por situações do cotidiano que, mesmo parecendo simples, exigem das mães um cuidado especial e que causam uma certa angústia, como a primeira vez que o filho vai à escola ou a primeira vez que dorme na casa de um amigo. O que precisa ficar claro é que uma mãe pode se tornar melhor a cada dia.
1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Valquíria Vieira, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.