Por Ir. João Antônio Johas Leão Em Espiritualidade

Conheça a história da devoção à Mãe do Bom Conselho

Nesse dia em que celebramos Nossa Senhora do Bom Conselho, iremos refletir um pouco sobre os acontecimentos que giram em torno do início desta devoção e ver como eles ainda podem iluminar a nossa vida cristã. A história da devoção e dos milagres que seguiram o aparecimento do afresco na pequena cidade de Genazzano, na Itália, é muito bonita e vale a pena ser conhecida.

Nesta história, dois fatos me chamaram particularmente a atenção e sobre eles vou refletir nesse momento. O primeiro deles é a oração dos dois soldados albaneses e o segundo é o esforço da beata Petruccia por reconstruir um antigo santuário dedicado a Nossa Senhora do Bom Conselho.

Mãe do Bom Conselho

Vamos ao primeiro:

Dois soldados albaneses de Scanderbeg, chamados Georgis e De Sclavis, estão aflitos porque sua região estava para ser tomada pelos Otomanos. Eles recebem então um aviso em sonho de que se preparassem para deixar seu país, e que nunca mais o veriam. O aviso dizia ainda que eles seguissem o afresco milagroso de Nossa Senhora onde quer que ele fosse.

Eles foram então a igreja onde o afresco era venerado e qual não deve ter sido sua surpresa ao ver que ele se destacou da parede e começou a sair do templo. O seguiram por vários dias sem se cansar até Roma, onde o afresco desapareceu tão misteriosamente quanto havia se destacado da parede.

Foto de: reprodução. 

Afresco de Nossa Senhora

O afresco de Nossa Senhora levado por anjos. 

Em tempos de perigo e de medo, podemos sucumbir à tentação de afastar-nos de Deus. Podemos inclusive pensar que Deus nos abandonou e por isso estamos sofrendo. Mas essa não é a vontade de Deus e Nossa Senhora mostra isso claramente nessa situação. Ela acolhe esses dois filhos devotos e os conduz, sob seus cuidados, ao centro da catolicidade, à Roma, ou seja, os conduz ao lugar onde poderão encontrar a resposta para suas inquietudes, onde poderão encontrar Jesus.

Talvez nós não possamos ir a Roma como os dois soldados, mas sempre podemos nos aproximar mais de Deus em busca do consolo que necessitamos. Deus é misericordioso e Nossa Senhora sempre nos aponta para Ele. Peçamos essa graça de poder estar sempre unidos a Deus nos momentos de dificuldade. 

Agora o segundo:

Um antigo santuário construído em honra a Nossa Senhora do Bom Conselho na cidade de Genazzano estava se deteriorando por falta de reparação. Não aparecia ninguém na cidade com o desejo de ajudar na reparação do templo.

Foto de: reprodução.

Beata Petruccia de Nocera

Beata Petruccia de Nocera. 

Apenas a viúva Petruccia se lançou a doar generosamente uma pequena fortuna que tinha recebido quando seu esposo morreu. Com esse dinheiro começou-se a reconstrução do santuário. Mas o dinheiro era insuficiente para finalizar as obras e como mais ninguém apareceu para ajudar, as obras ficaram paradas quando as paredes ainda não tinham mais de um metro de altura. Petruccia foi alvo de zombarias por toda a cidade.

Isso durou até o dia 25 de Abril de 1467, festa de São Marcos, padroeiro da cidade. Essa tarde os cidadãos ouviram uma música que vinha do céu, enquanto uma nuvem desceu sobre as ruínas do santuário que estava sendo reconstruído. Quando a nuvem se dissipou, onde antes não havia nada, revelou-se um afresco que representava Nossa Senhora segurando ternamente seu Divino Filho. Quase que imediatamente começaram a ocorrer milagres para atestar a realidade do que estava acontecendo.

Essa notícia se espalhou pela Itália e os dois soldados Albaneses foram até a cidade para ver essa imagem. Qual não foi novamente sua surpresa ao encontrar nessa cidadezinha o afresco que os tinha guiado desde sua pátria.

Essa história da viúva nos mostra como os nossos esforços sempre são insuficientes. Na vida cristã precisamos entregar-nos totalmente, mas com a consciência de que a nossa entrega, por ela mesma, não é suficiente para alcançar a salvação ou o perdão que precisamos. A nossa entrega precisa estar unida à Graça de Deus para que alcance os frutos desejados. A Igreja de Genazzano não foi concluída pelos esforços humanos, mas pela Graça de Deus, por meio de Nossa Senhora. É um exemplo concreto de como deve ser a vida de cada um dos cristãos.

Essas duas histórias em torno a Nossa Senhora do Bom Conselho nos lembram do que poderíamos chamar de o primeiro conselho de Nossa Senhora, que encontramos nas sagradas escrituras. “Fazei tudo o que Ele vos disser” nos diz Nossa Senhora nas Bodas de Caná. Todos os conselhos que ela continua dando atualmente podem ser resumidos nesse, porque tudo o que Nossa Senhora faz é levar-nos a um encontro mais pleno com seu Filho Jesus.

Que nessa festa possamos nos aproximar mais de Maria, nossa Mãe, e escutar com atenção os bons conselhos que ela tem para nos dar.

João colunista assinatura

8 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Ir. João Antônio Johas Leão, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.