Espiritualidade

Pequeno Príncipe e o Evangelho: ser como criança

"O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.”

Escrito por Letícia Dias

28 SET 2022 - 15H00 (Atualizada em 28 SET 2022 - 15H53)

Shutterstock/ Elena Shkerdina

Hoje, 28 de setembro, a Igreja celebra Santo Exupério, bispo de Toulouse, na França, do começo de século V.

São Jerônimo dizia que Exupério merecia ser reconhecido pela sua generosidade para com os fiéis de sua Diocese, que eram alvo de vândalos e de alguns povos nômades. Ele participou também de discussões sobre os cânones das Sagradas Escrituras. 
Leia MaisComo criar crianças melhores para o mundo? 10 livros para a evangelização das crianças

Um famoso escritor francês carrega o nome do Santo em seu sobrenome - Antoine de Saint-Exupéry, conhecido pela sua famosa obra “O pequeno Príncipe”, formada por um conteúdo poético e filosófico. Além disso, a obra discute a importância que damos a cada coisa e o tempo dedicado a elas.

O pequeno Príncipe e a vivência do Evangelho

De acordo com a narrativa de “O pequeno Príncipe”, Saint-Exupéry era um aviador, e em suas aventuras céu afora, encontra com o Pequeno Príncipe pela primeira vez quando acontece uma pane no avião. O plano pretensioso de aventuras é substituído pela reflexão sobre enxergar o mundo com um olhar inocente de infância.

Nosso Senhor, Jesus Cristo, se fez homem e veio habitar entre nós, o que possibilitou o relacionamento de Deus Pai com seus filhos. Por isso, as Sagradas Escrituras nos ensinam que aqueles que desejam adentrar o reino dos Céus necessitam ter um coração como o de criança:

“Mas Jesus lhes disse: “Deixai vir a mim as crianças e não as impeçais, porque o Reino dos Céus é daqueles que a elas se assemelham”. (Mt 19,14)

Edição brasileira

Uma edição brasileira de “O Pequeno Príncipe” foi publicada pela Editora Santuário  e traz aquarelas da ilustradora brasileira Veruschka Guerra.

A ilustradora contou, em entrevista ao Portal A12, o processo de criação e execução das ilustrações:

"Fazer este livro é um sonho realizado! A delicadeza e profundidade desta história sempre me tocou o coração e, por isso, foi um presente pintá-lo. O processo da criação das imagens para o livro do Pequeno Príncipe não foi fácil, porque este livro, em particular, é extremamente conhecido no mundo inteiro e suas ilustrações se tornaram marcantes. Decidi seguir a base do trabalho de Exupéry com aquarela e criar ilustrações seguindo as cores do original, mas à minha maneira de desenhar. Um desenho mais clássico", explicou.

:: Adquira aqui na Editora Santuário o livro "O Pequeno Príncipe". 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Letícia Dias, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.