Espiritualidade

Por que a cor roxa é usada na liturgia?

Escrito por Polyana Gonzaga

31 JAN 2019 - 07H35 (Atualizada em 15 MAR 2022 - 11H37)

Gustavo Cabral/A12

A Quaresma é um tempo litúrgico muito especial na Igreja de Cristo. São quarenta dias em que cada fiel tem a oportunidade de viver a conversão e recolhimento, e quando é comum, por exemplo, a prática do jejum, da caridade e da oração.

"Até a Páscoa, a Igreja se reveste da cor roxa em suas celebrações para indicar um tempo de reflexão, penitência, conversão". 

Shutterstock/ MIA Studio
Shutterstock/ MIA Studio

Nesta caminhada até a Páscoa, a Igreja se reveste da cor roxa em suas celebrações. O Missionário Redentorista, Padre Luiz Carlos de Oliveira explicou que a cor roxa, usada na Quaresma, no Advento e nas missas funerais, indica tempo de reflexão, penitência, conversão e mesmo sofrimento de morte.

Antes, nos funerais e na Semana Santa, era usada a cor preta. No Domingo de Ramos e na Sexta-feira Santa agora se usa o vermelho, que significa a glória e o martírio de Cristo. A cor preta nas missas funerais não é mais obrigatória. São poucos que usam, explicou. 

.:: Por que fazemos abstinência de carne na Quaresma?

De acordo com o Missionário Redentorista, no tempo da Quaresma, a cor roxa significa que se busca uma concentração na reflexão, nas atitudes penitenciais e na disposição de conversão.

Padre Luiz Carlos ainda completou que é um convite a ter um tempo diferente:

Como a sociedade não é mais cristã, cada um procure moderar a dissipação e concentrar-se no necessário, como disse Jesus aos apóstolos no Horto das Oliveiras: ‘Não fostes capazes de vigiar comigo por uma hora? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação, pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca’ (Mt 26,40-41)”, finalizou.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.