Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

Não tinha tempo para a família

O Dr. Mário era um famoso médico especialista. Ele não gostava que a esposa enchesse sua cabeça com probleminhas domésticos. Trabalhava de manhã no hospital, à tarde no consultório e à noite atendia casos de emergência. Os fins de semana eram para descansar e não para escutar problemas de criança.

Mas os filhos foram crescendo e os problemas aumentando. Quando a esposa tentava partilhar suas angústias, ele vinha sempre com esta:

- Você sabe que estou muito ocupado. Resolva você mesma.

Até que um dia, ele teve uma surpresa no consultório. Estava aguardando o próximo cliente, quando entra a esposa. Ele levantou-se e disse assustado:

- Aconteceu alguma coisa grave?

- Acalme-se! Paguei a consulta. Tenho direito de ficar aqui ao menos meia hora para conversarmos sobre os nossos filhos. Agora você tem de me escutar.

Como é triste um pai não dar tempo para seus filhos e, mais triste ainda, para a esposa!

“Nunca lestes que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e disse: Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois formação uma só carne? De modo que eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu o homem não separe” (Mt 19,1-6).

(Fonte: Pe. Clóvis de Jesus Bovo)

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.