Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

Nossas sensações são em parte subjetivas

Certa vez, um mestre fez com seus discípulos a seguinte experiência: Colocou sobre a mesa três vasilhas e esquentou água até quase ferver. Encheu a vasilha da esquerda com água gelada, colocou a água bem quente na vasilha da direita, e na do meio pôs metade quente metade fria.

Em seguida, pediu para um discípulo introduzir uma das mãos na vasilha da esquerda e a outra na da direita. Após alguns segundos, pediu que colocasse as duas mãos na vasilha do meio. O jovem disse que, na mão que veio da água quente, esta água parecia fria. Já na outra mão que vinha da água gelada, esta do meio parecia quente.

Apesar de a água que estava no meio ser a mesma, produziu sensações diferentes devido aos lugares de onde vieram as duas mãos. Tudo depende das nossas experiências anteriores, ou, como dizemos, do nosso estado de alma.

A mesma realidade é sentida diferentemente por cada um, dependendo da situação anterior da pessoa. O que um indivíduo vê como negativo e ruim, pode ser positivo e bom para outro. Isso nos ensina a aceitar as diferenças entre as pessoas, pois são, em grande parte, subjetivas, dependendo do passado.

Humilhemo-nos diante de Deus como Maria: Eis aqui a escrava do Senhor; faça de mim o que o Senhor quiser.

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.