Por Polyana Gonzaga Em Igreja

Basílica Santo Antônio de Pádua conclui 1ª fase de restauração em Americana (SP)

A Diocese de Limeira (SP) recebeu em junho deste ano o presente da Criação da Basílica Menor de Santo Antônio de Pádua, em Americana, no interior do Estado. Na última semana, a Basílica Santuário de Santo Antônio de Pádua concluiu da 1º fase de sua restauração interna.

Foto de: Assessoria de Imprensa da Basílica

basilica menor santo antonio em Americana

 

As obras começaram pelo Presbitério e agora seguem para os braços da cruz da basílica. Foram restauradas as rosáceas, adornos dos candelabros, colunas, cruzes de dedicação, capitéis, zarcana, molduras, além de aplicação de verniz para proteção e conservação das pinturas.

O cronograma de trabalho, que prevê a restauração de toda a Igreja, está dividido em cinco etapas e deve ser concluído em 2016 com o restauro da parte externa.

Foto de: Assessoria de Imprensa da Basílica

Basílica Menor de Santo Antônio de Pádua  em Americana

Basílica Menor passa por restauração e importantes
obras estruturais.

Segundo o reitor do Santuário, Padre Pedro Leandro Ricardo os recursos da restauração são provenientes exclusivamente da comunidade local por meio de uma ação chamada ‘Campanha Pró-Basílica’.

“Com o término das duas primeiras fases de restauração da Basílica, ainda em dezembro deste ano terá início a terceira fase. E, em 2015, concluiremos a quarta e quinta fases já no primeiro semestre”, afirmou.

Padre Pedro Leandro ainda contou que o restauro vem atraindo a atenção de todos os fiéis por se tratar de um verdadeiro resgate e preservação da memória histórica de Americana e da ação determinante da Igreja desde os primórdios do município.

Juntamente com a restauração do Presbitério outros pontos da Basílica Santuário também receberam importantes obras. Foram restauradas as antigas portas de madeira maciça, o coro e alguns dos vitrais importados, a remodelação dos jardins da igreja e a desobstrução das calhas de água serviço não executado há pelo menos 20 anos e que culminou em diversos pontos de infiltração.

O reitor ressaltou que o apelo fundamental não se concentra apenas numa mudança de nome, título ou nas mudanças estruturais da Basílica, mas principalmente no alcance de sua responsabilidade missionária, como solo pontifício, de ir em busca dos que perderam o sentido da fé e se encontram distantes de Cristo e da alegria de seu Evangelho, passando da missão de alguns para a missão de todos.

“Muito acima do restauro físico que estamos promovendo está o 'restauro pastoral' que vem acontecendo de forma a envolver os fiéis leigos numa dinâmica e pedagogia que visa, sobretudo, o engajamento efetivo nas atividades próprias de uma Basílica”, completou.

.::. Entrevista: Basílica Menor de Santo Antônio de Pádua: Vínculo com a Igreja de Roma e o Santo Padre.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.