Por Redação A12 Em Igreja

Blogueiro Católico é credenciado pela Sala de Imprensa da Santa Sé

O Blog 'O catequista' nasceu para atender às demandas de uma turma de crisma. Era a época de Bento XVI e os telejornais sempre interpretavam as falas do Papa de forma distorcida (o que também acontece hoje com Francisco). Por isso, o profissional da área de Tecnologia da Informação (T.I) e catequista de crisma, Alexandre Varela, resolveu então que faria um 'bloguinho' para responder dúvidas. Assim nasceu a primeira versão de 'O Catequista'. Pouco tempo depois ele se deu conta de que já não tinha mais 30 leitores, mas alguns milhares.  O tempo passou e o Blog é um dos mais acessados entre católicos de todo o país e recentemente foi credenciado pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

Para falar sobre isso e as atividades com o blog, o Portal A12 conversa com Alexandre Varela que vai comentar o que representa este momento. "É um daqueles sinais carinhosos do Senhor que renovam as forças para seguir adiante", comenta Alexandre. Confira a entrevista na íntegra.

Alexandre Varela_OCatequista_Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

Portal A12 - Você mesmo quem produz todo o material?

Alexandre Varela - Todo o material é produzido por mim e pela minha esposa, Viviane, que também é catequista de Crisma. Fazemos tudo. Escrevemos os artigos, fazemos os “posts” das redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), produzimos as fotos, gravamos e editamos os vídeos e podcasts, respondemos aos leitores e ainda colaboramos em alguns jornais, rádios e TVs católicas.

Contamos também com dois outros colaboradores que são o Paulo Ricardo, nosso historiador, e Ricardo Almeida, designer responsável pela criação das nossas marcas e identidade visual.

A12 - O blog possui uma linguagem simples, informal e traz postagens com temáticas interessantes. Qual o critério pra escolher as temáticas?

Alexandre - A maioria dos temas são escolhidos a partir das sugestões e dúvidas dos nossos leitores. Mas também sempre nos preocupamos em acompanhar as falas do Papa Francisco principalmente desfazendo os “mal-entendidos” que sempre surgem na imprensa secular.

A12 - As redes sociais são suas aliadas, certo?

Alexandre - Sim! São a base do nosso trabalho! O Catequista não seria possível sem a capacidade de divulgação e feedback dessas redes. É a partir delas que não só espalhamos as nossas produções como também é o lugar para interagir e descobrir do que as pessoas estão precisando para viver melhor a sua fé.

O Cristianismo não pode ser desencarnado da vida. Tem que ser um encontro humano! Claro que gostaríamos de encontrar todo o nosso público, mas como isso é impossível, as redes sociais nos ajudam a nunca perder de vista as pessoas que estão por trás dos números da nossa audiência. Esse trabalho só tem sentido se for uma ajuda para que encontrem Cristo.

A12 - Vivemos em tempos de ódio na internet. Como lida com os comentários raivosos?

Alexandre - A gente não liga! Sabemos que quanto mais gente alcançamos, mais teremos os famosos “haters”. Até Cristo e os profetas tiveram que lidar com isso! De qualquer maneira, temos um critério para responder aos comentários e mensagens que nos enviam. Ele se baseia em um livro chamado 'Educar é um Risco' de Dom Luigi Giussani. Nele, o autor (que era professor) diz que existem dois tipos de alunos: os que têm dúvidas e os que duvidam. Os primeiros têm um desejo real de crescer e aprender. Portanto, é importante investir todo o tempo necessário para esclarecer suas dúvidas. Ao contrário, os que duvidam querem apenas fazer valer o seu ponto de vista. Com esses não se gasta nem um segundo. E na internet é a mesma coisa!

A12 - Você foi recentemente credenciado pela Sala de Imprensa da Santa Sé. O que isso representa? O peso da responsabilidade aumentou?

Alexandre - Não é um peso! Ao contrário, esse credenciamento para a Sala de Imprensa do Vaticano, de uma forma tão excepcional, nos deu a certeza de que nossa missão está indo no caminho certo. É um daqueles sinais carinhosos do Senhor que renovam as forças para seguir adiante!

É uma graça imensa poder ir ainda mais fundo no serviço ao Senhor e à sua Igreja, pois agora teremos acesso aos documentos do Papa e notícias do Vaticano de forma privilegiada e vamos colocar esse grande dom à serviço do Reino de Deus.

A12 - O que pensa para o futuro do Blog agora?

Alexandre - Quero muito poder garantir a periodicidade da publicação de textos, vídeos e podcasts. Hoje isso tem sido uma dificuldade porque não conseguimos nos dedicar exclusivamente ao blog. Trabalho como gerente de projetos em uma empresa de tecnologia e tudo em 'O Catequista' tem que ser feito nas horas livres, concorrendo com a atenção que precisamos dar aos nossos quatro filhos.

Gostaria muito de conseguir patrocinadores para o site para poder cuidar só da nossa missão de catequizar. Mas que seja feita a vontade de Deus. Uma das coisas que a aprendi nesses seis anos de 'O Catequista' é que o Senhor tem seus planos e nossa única preocupação deve ser dizer sim a Ele todos os dias.

A12 - Pra você, quem é o publico católico na internet de hoje?

Alexandre - São pessoas de todas as idades, principalmente os jovens, com sede de informação mais rápida e mais aprofundada para viver melhor a sua fé. E esse é o nosso grande desafio: conseguir fazer uma catequese que realmente toque a vida das pessoas, com textos, vídeos e áudios que sejam adequados ao pouquíssimo tempo de que dispõem no dia a dia tão corrido que vivemos hoje. Mas fazemos tudo isso de forma a levar as pessoas a retornar às paróquias e buscar seriamente uma direção espiritual. O Cristianismo precisa ser vivido na vida real. É um encontro humano! Não temos a pretensão de atrair as pessoas para nós. Queremos ser o trailer do filme. Um bom trailer vai convencer você a ir ao cinema e, aí sim, viver a experiência completa do filme. É isso que queremos: que as pessoas se sintam instigadas a viver ainda mais intensamente a sua fé na vida real.

A12 - Se dedica a quais outras atividades?

Alexandre - Temos a criação dos nossos quatro filhos, meu trabalho como gerente de projetos em uma empresa de TI e a coordenação da Crisma em uma paróquia aqui no Rio de Janeiro. Mas além disso, a própria missão de 'O Catequista' gerou atividades em outras mídias. Hoje participo de programas na Canção Nova FM quatro vezes por semana, na Rádio Catedral FM do RJ duas vezes, apresento um programa chamado Parlatório da WebTV Redentor, da Arquidiocese do Rio e colaboramos com textos para vários jornais e sites. Isso sem falar na dedicação em responder nossos leitores. São mais de 100 mensagens por dia!

A12 - Deseja acrescentar mais informações que sejam relevantes?

Alexandre Varela_OCatequista_Arquivo Pessoal

Alexandre - No final do ano passado tivemos a graça de lançar nosso primeiro livro: 'As Grandes Mentiras sobre a Igreja Católica' pela Editora Planeta. Nele, nos dedicamos a desmentir os principais mitos sobre a nossa fé. Novamente nos surpreendemos muito com o resultado. Chegamos a ficar em primeiro lugar na lista da Folha e na Amazon. Graças a Deus e ao carinho do nosso público, teremos a oportunidade de continuar esse trabalho. Já estamos escrevendo nosso segundo livro! Por último, gostaria de dizer que tudo isso é fruto da Graça de Deus. Um padre muito querido me disse uma vez que “o homem propõe e Deus dispõe”. Nunca esqueci. Peço que rezem pela nossa missão de catequese e para que possamos sempre propor tudo o que for possível para que o Senhor se aproveite para a construção do seu Reino.

:: Ir. Diego Joaquim fala sobre vocação e comunicação

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.