Por Redação A12 Em Igreja

Coordenadora Nacional da Pastoral da Pessoa Idosa explica Mapa da Transformação

A Assembleia Nacional da Pastoral da Pessoa Idosa realizada nesse mês de maio frutificou em parcerias e novos projetos. Entre as atividades da Assembleia aconteceu a apresentação do Mapa da Transformação, instrumento que mostra as mudanças que o trabalho da Pastoral proporciona.

 

"O Mapa da Transformação é um instrumento de gestão que ajuda no planejamento, reflexão e avaliação do trabalho de uma organização social, a partir da diferença que ela faz com as pessoas e no contexto onde atua".

A coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa, Irmã Terezinha Tortelli, em entrevista ao A12.com explicou como funciona esse instrumento.

 

“O Mapa da Transformação é um instrumento de gestão que ajuda no planejamento, reflexão e avaliação do trabalho de uma organização social, a partir da diferença que ela faz com as pessoas e no contexto onde atua. Ele ilustra graficamente o(s) caminho(s) que se espera levar ao alcance de uma aspiração ou objetivo de longo prazo, indicando quais são os resultados que se espera obter ao longo da jornada”, esclareceu. 

O projeto foi apresentado pelo casal Rogerio e Lycia Arns Neumann, filho e nora da Dra. Zilda Arns Neumann, com o objetivo de melhorar a forma de organização do trabalho da Pastoral e auxiliar as coordenações no planejamento das ações realizadas com os líderes e idosos acompanhados

Foto de: Pastoral da Pessoa Idosa

lycia_rogerio_arns_neumann

Lycia, dom Peruzzo, Irmã Terezinha e Rogério
em Assembleia da Pastoral da Pessoa Idosa.

Como instrumento de gestão, o Mapa norteará a reflexão sobre o trabalho da PPI e seus resultados, ajudando a definir estratégias de atuação para contribuir cada vez mais para a melhoria da qualidade de vida da Pessoa Idosa no Brasil. 

Irmã Terezinha disse que a partir do mapa amplia-se a visibilidade do trabalho da Pastoral da Pessoa Idosa, o que contribui na busca de mais parceiros.

“O Mapa é também um importante instrumento de comunicação a ser usado na apresentação do trabalho da PPI e da diferença que ele faz nas várias dimensões. Ao demonstrar a relevância do trabalho, espera-se sensibilizar novos apoiadores e parceiros a ajudar no trabalho e compartilhar dos desafios e conquistas dos voluntários e da equipe da PPI”, avalia.

Com a apresentação do Mapa para as coordenações estaduais durante a Assembleia, a ferramenta está pronta para ser distribuída eletronicamente e também para ser parte de um folder institucional, a ser utilizado com potenciais parceiros.   

 

"...ao ilustrar o que precisa ser transformado, proporciona entendimento sobre os pontos críticos da situação atual".

Com os dados que o Mapa colhe e apresenta, é possível ilustrar as necessidades de transformação.

“O mapa não apresenta problemas, mas sim a transformação para a qual trabalhamos. Obviamente, ao ilustrar o que precisa ser transformado, proporciona entendimento sobre os pontos críticos da situação atual. Ao definirmos nossa aspiração como sendo a de que 'pessoas Idosas no Brasil sejam valorizadas, respeitadas e apoiadas, tendo mais qualidade de vida' é porque hoje infelizmente esta não é a realidade”, aponta.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.