Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 08 AGO 2020 - 13H19

Defensor de causas sociais e ambientais, Dom Pedro Casaldaliga morre aos 92 anos

Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (MT) estava internado com problemas respiratórios. Testes de Covid-19 deram negativo

Wilson Dias/Agência Brasil)
Wilson Dias/Agência Brasil)


Neste sábado (8) , a Prelazia de São Félix do Araguaia (MT), a Congregação dos Claretianos e a Ordem de Santo Agostinho anunciaram a morte de Dom Pedro Casaldaliga, aos 92 anos, por problemas respiratórios, agravados pelo Mal de Parkinson. Exames realizados deram negativo para Covid-19.

O Bispo do Povo, como era conhecido por suas lutas sociais e pelos direitos dos povos indígenas no Amazonas, era Catalão, nascido em Balsanery, provincía de Barcelona, na Espanha. No Brasil, foi o primeiro Bispo de São Félix do Araguaia, no Mato Grosso, e, desde o início, esteve à frente de embates pelos direitos dos índios na Amazônia, inclusive durante a Ditadura Militar.

O velório e as homenagens ocorrem em três locais diferentes. Primeiro neste sábado (8) em Batatais (SP) na capela do Claretiano, depois em Ribeirão Cascalheira (MT) no Santuário dos Mártires, a partir de segunda-feira (10) e, por fim, em São Félix do Araguaia (MT), em data ainda indefinida.

Leia MaisFilme retrata vida e obras de Dom Pedro Casaldáliga

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.