Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 21 JAN 2018 - 12H04

Dom Orlando celebra primeiro ano como arcebispo de Aparecida

Elisangela Cavalheiro/A12.
Elisangela Cavalheiro/A12.


Há exatamente um ano, Dom Orlando Brandes tomava posse como arcebispo de Aparecida sucedendo Dom Raymundo Damasceno Assis.

Hoje (21), no Altar do Santuário Nacional de Aparecida, o arcebispo presidiu a celebração alusiva a esse primeiro ano recordando fatos recentes da Igreja e exortando o povo de Deus à conversão.

Dom Orlando falou perante a assembleia que todos podem fazer uma experiência transformadora a partir do olhar amoroso de Deus.

“Olhar a realidade com o olhar de Jesus. Eu ainda não tenho esse olhar, estou bastante cego. Por isso, vamos pedir sempre essa graça de a gente ter também o olhar de Deus, o olhar de Jesus, para a nossa realidade, e tudo e pode deve mudar porque um mundo novo e melhor é possível”, disse o arcebispo.


Ao lembrar o convite que Jesus fez aos discípulos para deixarem suas redes, o arcebispo lembrou que somente seguindo Jesus é possível viver uma “economia nova”.

“Estou trazendo uma economia nova, da solidariedade e da partilha, que ainda está longe de acontecer nas periferias do mundo e também nos centros das cidades”, falou o arcebispo como que parafraseando Jesus. “Se não mudar a mentalidade econômica do mundo ainda não temos o reino da solidariedade e da partilha”, completou.

Dom Orlando fez ainda memória da visita do Papa Francisco ao Chile e Peru, enfatizando a força de suas palavras para os povos desses países.

“O grande discípulo de Jesus é o Papa Francisco. Hoje, despedindo-se da América Latina, onde veio ser voz deste Evangelho de Jesus, ele falou para duas tribos indígenas muito injustiçadas, falou sobre os cuidados com o planeta e com a Amazônia, e falou, de novo, que ‘a corrupção mata’, e isso nas ‘barbas’ dos poderosos desses países”, frisou.

Na mesma celebração estavam presentes, professores e alunos do terceiro módulo da pós-graduação em Mariologia e a Romaria de Religiosas da Arquidiocese de Aparecida.

Elisangela Cavalheiro/A12.
Elisangela Cavalheiro/A12.


Entre os presentes, padre César Moreira, diretor da Academia Marial de Aparecida, padre João Carlos Almeida, da Faculdade Dehoniana, coordenador do curso de pós-graduação e padre Alexandre Awi Mello, secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, que atualmente reside em Roma; e um dos professores do terceiro módulo do curso.

Veja fotos da celebração:


9 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.