Igreja

Há 61 anos, a Mãe Aparecida foi declarada padroeira de Brasília (DF)

Além de Nossa Senhora, São João Bosco também foi declarado como patrono da Capital Federal

Escrito por Redação A12

10 JUN 2023 - 10H35 (Atualizada em 12 JUN 2023 - 08H09)

Arquidiocese de Brasília

Como você pode conhecer aqui no A12, todo o país têm paróquias dedicadas a Nossa Senhora Aparecida, como por exemplo, Brasília (DF), que neste sábado (10) celebra os 61 anos da proclamação da Padroeira do Brasil como patrona da capital federal.

Leia Mais92 anos da proclamação de Nossa Senhora Aparecida como Padroeira do BrasilA intercessão de Maria fez parte da implantação da Arquidiocese no Distrito Federal pelo Papa São João XXIII, através da bula Quandoquidem Nullum, em janeiro de 1960.

"Pôr-se-á a Cátedra Episcopal no templo de Nossa Senhora Aparecida, isenta de toda a mancha do pecado, templo a ser proximamente dedicado à mesma Virgem, e que elevamos dignidade de igreja arquiepiscopal com todos os direitos, honras e privilégios que a tais templos o direito comum outorga", diz parte do documento.

Dois anos após a criação da Arquidiocese, em 10 de junho de 1962, quando a Igreja celebrava a Festa de Pentecostes, a Mãe Aparecida e São João Bosco foram oficialmente declarados como padroeira e co-padroeiro de Brasília, respectivamente. A celebração foi presidida pelo Arcebispo Dom José Newton Baptista, e contou com a presença do então presidente da República Juscelino Kubitschek, autoridades eclesiásticas, políticas e o povo da recente capital do país.

Arquidiocese de Brasília
Arquidiocese de Brasília

Para se ter ideia da importância e da graça da cidade ser abençoada pelas mãos de nossa Mãe, a imagem original de Nossa Senhora Aparecida foi levada do Santuário Nacional para a nova Catedral de Brasília, que ainda estava em construção, pelo Cardeal Carlos Carmelo Mota, na época Arcebispo de São Paulo.

Outra providência de Deus foi que a Arquidiocese da capital federal foi Iniciada de forma diferente de todas as outras dioceses do Brasil, pois teve que contar com a bondade de diversos bispos e congregações do Brasil que enviaram padres, religiosos e seminaristas para constituir o seu clero.

O primeiro seminarista de Brasília foi o Cardeal Raymundo Damasceno Assis, que acompanhou Dom José Newton durante os primeiros trabalhos de evangelização no Distrito Federal, onde Dom Damasceno foi ordenado padre, Bispo Auxiliar, e ficou residente até 2004, quando foi enviado por São João Paulo II para ser Arcebispo de Aparecida, e ficou durante 13 anos na Capital Mariana da Fé.

Além dos padres diocesanos, muitas congregações ajudaram nestas seis décadas de Arquidiocese: Lazaristas, Salesianos, Missionários do Sagrado Coração, Redentoristas, Dominicanos, carmelitas, Agostinianos, Camilianos, Capuchinhos, Estigmatinos, Sacramentinos, Jesuítas, Espiritanos, Verbitas, Cordimarianos, Missionários da Consolata.

.:: Conheça o tema da Novena e Festa da Padroeira 2023


A12 conversou com Dom Raymundo Damasceno

Fonte: Arquidiocese de Brasília

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...