Por Redação A12 Em Igreja

Ato pelo meio ambiente une igrejas da Arquidiocese de BH

Ato pelo meio ambiente une igrejas da Arquidiocese de BH

As igrejas da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG) vão tocar os sinos durante três minutos, ao meio-dia da próxima segunda-feira, 30 de novembro, ato simbólico pelo meio ambiente e em solidariedade ao povo de Mariana.

Em carta enviada aos padres e conselheiros paroquiais na semana passada, o Arcebispo de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo e os bispos auxiliares da Arquidiocese de belo Horizonte, Dom Joaquim Mol, Dom Luiz Gonzaga, Dom João Justino e Dom Edson Oriolo -, reforçaram um pedido: que sejam tocados os sinos das igrejas no dia 30, quando será aberta, em Paris, a 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21).

“De modo que toda a Arquidiocese de Belo Horizonte, pelo badalar dos sinos, como uma prece, manifeste sua esperança de que as ações ali decididas paralisem o aquecimento global e que também cessem todas e quaisquer formas de terrorismo no mundo”.

Em carta, o Arcebispo e os Bispos Auxiliares ressaltam que, “sob o impacto da destruição de vidas humanas, fauna, flora, córregos e rios, de Mariana e cidades ribeirinhas do Rio Doce e afluentes, em Minas Gerais e no Espírito Santo, pela lama avassaladora que se desprendeu das barragens e sob o impacto do terrorismo praticado na França, viveremos um momento oportuno para uma forte manifestação, durante a realização da 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21)”.

Veja aqui a íntegra da carta enviada aos padres e conselheiros paroquiais da Arquidiocese de Belo Horizonte.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.