Por Polyana Gonzaga Em Igreja

Ir. Helena Corazza fala sobre o centenário das Irmãs Paulinas

Religiosa destacou a missão e os esforços para difusão de conhecimentos e valores, da evangelização à promoção humana.

O ano de 2015 marca o Centenário da Congregação Pia Sociedade Filhas de São Paulo – Irmãs Paulinas. O nome ‘Paulinas’, ou Filhas de São Paulo, vem do Apóstolo Paulo, inspirador de sua vida e missão. 

Foto de: Pascom

Irmã Helena Corazza

Ir. Helena Corazza, FSP.

Fundada em 15 de junho de 1915, em Alba, na Itália, pelo Bem-aventurado padre Tiago Alberione e com a colaboração de Irmã Tecla Merlo, a congregação tem forte presença na comunicação e tornaram-se referência na difusão de conhecimentos e valores, não só cristãos como humanistas, visando, sobretudo, à evangelização e à promoção humana.

No Brasil, primeiro país fora da Itália a receber as Paulinas, são 221 religiosas trabalhando ao lado de 579 colaboradores leigos. 

Para falar mais sobre a missão e a história da Congregação, o A12.com conversou com a Irmã Paulina, Helena Corazza. A religiosa é jornalista, mestra e doutoranda em Ciências de Comunicação pela ECA/USP, Coordenadora de Cursos no SEPAC (Serviço à Pastoral da Comunicação - Paulinas) e  presidente da SIGNIS Brasil.

Ir. Helena Corazza falou sobre a fundação das irmãs Paulinas em 1915 e destacou a inovação que a Congregação trouxe para a Igreja na época, alinhada aos pensamentos do Bem-Aventurado padre Tiago Alberione.

 

Presente em 50 nações nos 5 continentes, a trajetória de Paulinas é marcada pelos grandes desafios da modernidade, sempre formando lideranças para que possam animar as comunidades.

 

A religiosa falou também sobre seu trabalho frente a SIGNIS Brasil, uma associação católica de comunicação, reconhecida pela Conferência Nacional dos Bispos (CNBB); filiada à Signis Mundial; ligada ao Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais.

 

Ir. Helena Corazza ainda ressaltou o compromisso dos veículos de comunicação com os valores humanos, cristãos e de cidadania.

 
1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.