Por Elisangela Cavalheiro Em Igreja

Museu de Cuiabá prepara exposição com altares da antiga Catedral Bom Jesus

Foto de:reprodução Museu de Arte Sacra

Museu de Arte Sacra de Cuiabá

Fachada do Museu de Arte Sacra, em Cuiabá.

Único no gênero, o Museu de Arte Sacra de Cuiabá, no Mato Grosso, apresenta em seu interior uma rica e importante história da presença da Igreja no estado mato-grossense. Com peças de diferentes períodos e de diversas igrejas, entre elas a antiga Catedral do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, igreja demolida em 1968, o acervo traz em cada detalhe recortes da história religiosa nessa região.

Guardião de um conjunto de peças em estilo barroco, rococó e neoclássico, o museu funciona no prédio que abrigou o Seminário Nossa Senhora da Conceição, um patrimônio erguido no Morro do Bom Despacho, ao lado da Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho. Sua construção foi iniciada, em 1858, com dom José Antônio dos Reis, primeiro Bispo de Cuiabá (1832-1876) e finalizada 24 anos depois, em 1882.

Tipicamente colonial, o prédio possui paredes de até um metro de espessura, construídas com a técnica de taipa de pilão, com pedra canga; típica da região e o bloco de adobe e ergue-se em um majestoso pé-direito de sete metros, dois andares e cobertura de telhas cerâmicas.

Ao visitar o local, é possível recordar a história do Seminário que ao longo dos séculos desempenhou diversos papéis, primeiro como instituição de ensino eclesiástico, sendo o primeiro estabelecimento de ensino secundário da província, como enfermaria durante a epidemia de varíola em 1867, doença que se alastrou entre a população com a volta para casa dos soldados ao término da Guerra do Paraguai e até Quartel General, em 1906, durante o conflito político entre Totó Paes e o Capitão General Lemes de Souza Ponce.

Altares da Catedral serão expostos ao público

Foto de: reprodução Museu de Arte Sacra.

Altar neoclássico da antiga Catedral

Altar neoclássico da antiga Catedral ainda desmontado.

 

A memória da antiga Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá que já é contada em uma exposição permanente no Museu, terá até o final desse ano uma novidade. Segundo a diretora técnica, Maria José Couto Valle, quatro altares que pertenceram à igreja entre os séculos 18 e 19 serão expostos ao público.

Nos últimos dois anos uma equipe fez todo o trabalho de restauração, higienização e montagem desses altares, de estilo neoclássico e barroco, que medem até seis metros de altura. Dois deles poderão ser vistos até o fim desse ano e os outros dois até o primeiro semestre de 2016.

“Esses altares já foram montados e ficou muito bonito, porque a altura ficou de 5 a 6 metros de altura. Uma parte da história que foi recuperada com muito sacrifício, e que agora vai mostrar todo o cuidado que tinham no passado com a ornamentação da Igreja, e que poderá ser visto pelo público em breve”, disse Maria José ao A12.

Além da exposição permanente sobre o Seminário e a Catedral, o museu conta ainda com outras mostras fixas. O Museu de Arte Sacra de Cuiabá fica na avenida Clovis Hugney, Praça do Seminário, n° 239, bairro dom Aquino. Funciona de terça a domingo das 9h às 17h. Mais informações pelo telefone: (65) 3056-6285.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.