Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 12 AGO 2019 - 15H35

Semana Nacional da Família tem início em todo Brasil


Promovida pela Pastoral Familiar, a Semana Nacional da Família é uma expressão muito forte da pastoral em todo o país. Começou com uma programação especial dentro da Igreja e depois descobriu uma vocação missionária. Hoje, a Semana da Família é preparada para que as pessoas possam levar conscientização para a sociedade, através dos meios de comunicação, escolas, associações e ambientes da sociedade onde as pessoas estão reunidas.

Desde domingo (11/08), a Comissão Episcopal Pastoral Para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), iniciou à celebração da Semana Nacional da Família, que segue até o dia 17 deste mês de agosto.

Com a temática “A família, como vai?”, celebra-se o jubileu de prata – 25 anos – da Campanha da Fraternidade de 1994, a proposta é indicar a necessidade de a família vivenciar uma profunda experiência de Jesus e da sua Palavra para conseguir vencer os desafios e dificuldades que encontra em seu caminho e, assim, compreender seu papel evangelizador na Igreja e na sociedade.

Inspirado nos pilares das novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023, o Bispo de Rio Grande (RS) e Presidente da Comissão, Dom Ricardo Hoepers, convoca toda a Igreja, em especial a Pastoral Familiar, a celebrar a Semana Nacional da Família e roga pela intercessão de Nossa Senhora, Rainha dos Apóstolos, em prol dos trabalhos que serão realizados.

A Pastoral Familiar no Brasil tem agenda cheia de atividades. Abaixo, veja outros exemplos do frutuoso da trabalho da Pastoral.

Semana Nacional da Vida

Ainda neste ano, em 8 de outubro, toda a Igreja, comemora a Semana Nacional da Vida, que culmina com o Dia do Nascituro. É um momento propício não só para celebração, mas também para reassumir o compromisso de defesa da vida, em todas as suas fases. O objetivo é propor à sociedade o debate sobre os cuidados, proteção e a dignidade da vida humana, em todas as suas fases, desde a concepção até o seu fim natural.

Hora da vida

Para a celebração da Semana Nacional da Vida, a Comissão Vida e Família e a Pastoral Familiar preparam anualmente o subsídio “Hora da Vida", com conteúdos para reflexão, orações e informações relacionadas à vida e à sociedade.

Simpósio e a peregrinação das Famílias em Aparecida


O
Santuário Nacional de Aparecida acolhe todos os anos a Peregrinação e o Simpósio Nacional das Famílias. O evento acontece sempre no mês de maio, com programação no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida e na Basílica do Santuário Nacional.

"As atividades deste grande encontro na Casa da Mãe têm o objetivo de incentivar o anúncio do Evangelho na Família, reafirmando o seu valor e a sua identidade, baseados no casamento aberto ao serviço à vida", explica um dos organizadores da Peregrinação e do Simpósio, Tómaz Alves


Como foi em 2019? 


A abertura solene da Peregrinação e do Simpósio das Famílias contou com a presença do reitor do Santuário de Aparecida, Padre Eduardo Catalfo, o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Vida e a Família, Dom Ricardo Hoepers, Bispo de Rio Grande (RS), o casal coordenador nacional da Pastoral da Familiar, Cátia e Luis Estolfe, entre outros membros da Comissão Nacional da Família.

Leia MaisFiéis no Santuário rezam em intenção das famílias e em defesa da vidapalavra de acolhida foi do casal coordenador. Cátia expressou sua alegria pela união das famílias, dos membros da Pastoral Familiar e dos movimentos e serviços de atenção às famílias, como as casas de acolhida, as associações pró-vida e as comissões de vida.

Na sequência, o reitor do Santuário lembrou a origem da devoção à Nossa Senhora Aparecida, enfatizando que foi na família dos pescadores que tudo começou. “Na origem da fé em Nossa Senhora Aparecida estão as famílias. Por isso, sempre afirmamos que as famílias são sempre muito bem-vindas no Santuário”.

Dom Ricardo ressaltou o compromisso de cada um dos presentes com as famílias de todo o Brasil, destacando a “responsabilidade de serem famílias missionárias, uma igreja em saída, como nos pede o Papa Francisco”. Finalizou pontuando que “o que nos move é o amor, e tudo que fizermos com o amor que vem de Deus, vai transformar este mundo.”

Refletindo o tema ‘Em Família, defendemos a Vida!’ e o lema ‘A Família, como vai?’, a peregrinação em 2019, quis promover o respeito à vida humana e a valorização da família no seio da Igreja e da sociedade. O tema central foi refletido pelo presidente da Comissão Episcopal da Pastoral para Vida e a Família, chamando a atenção das pessoas para o comprometimento com a defesa integral da vida.

Dom Ricardo também convidou os presentes a se questionarem: "Para onde queremos ir como família?" Apresentou também algumas tragédias ocorridas no seio familiar, afirmando que cabe a cada um o agir missionário, seja por meio das políticas públicas ou o envolvimento no cuidado com o outro. “É um comprometimento de cuidar por inteiro, pensar na vida, pensar no humano, pensar que o próprio Deus sendo Deus, quis nascer em uma família”, ressaltou.

A programação trouxe, durante todo o dia, diversas conferências. Uma delas conduzida pelo Padre Zezinho, refletindo o lema ‘A Família, como vai?’. Nas demais conferências do simpósio, houve reflexão sobre as realidades atuais, como a "Valorização da vida e Suicidologia" e "o cuidado centrado na pessoa". A atriz e humorista Concessa, do Canal Tecendo Prosa, encenou na parte da tarde um bate-papo com o tema: "A família atual".

Para contextualizar ainda mais o tema central, testemunhos de lideranças da Igreja contribuíram com a caminhada pessoal de cada agente em defesa da vida.

Simpósio Kids

Marília Ribeiro
Marília Ribeiro


As crianças também têm espaço garantido na programação do evento, com o Simpósio Kids, preparado para acolher os pequenos com diversas atrações. Entras elas, a participação do Projeto Infantil do Santuário de Aparecida, com a Turma dos Devotos Mirins, em uma apresentação e atividades recreativas para as crianças.

Show pela vida - Vida In concert: "Em família defendemos a vida". Veja abaixo a íntegra do show.

Logo após, uma Procissão Luminosa o evento fechou a noite com um show em ‘Tributo à Vida’, com a participação 12 bandas, que animaram as famílias com canções que fortalecem a consciência da valorização da vida.

O que é o Simpósio e a peregrinação das famílias?

A Igreja tem se preocupado com a formação dos agentes que são da Pastoral Familiar. Portanto, foi estabelecido um dia por ano, no mês de maio, para que todos se encontrem no Santuário Nacional de Aparecida. É o primeiro momento de concentração das famílias de todo o Brasil durante o ano.

O simpósio sempre acontece no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, localizado também no Santuário Nacional, que engloba:
Dia de estudo;
Trata de temas fundamentais sobre família e sociedade;
Ouve-se testemunhos;
Momentos de oração.

.:: Entenda a Pastoral Familiar no Brasil

Carolina Alves
Carolina Alves
Famílias se reúnem para celebrar a Eucaristia em Ação de Graças pelo encontro


A
Pastoral Familiar no Brasil tem a sua base de trabalho na comunidade paroquial e se organiza em nível nacional, por regionais, por dioceses e também por paróquias, onde acontece de fato o desenvolvimento dos trabalhos. Algumas tarefas sempre são apropriadas para a Pastoral Familiar, como, por exemplo:
Preparar noivos;
Atender casais de segunda união;
Acompanhar a formação de famílias em conflito e com desestruturação.

Segundo informações da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), toda a Igreja é Família e, portanto, todas as atividades dizem respeito à pastoral. Sendo assim, torna-se um grupo articulador dentro da Igreja.

Desafios

O grande desafio da Pastoral Familiar atualmente é o de apresentar ao ser humano uma opção diante da variedade de filosofias, conceitos, ideias e religiões. De acordo com a Comissão Episcopal para a Vida e a Família, a Igreja Católica tem consciência da importância da família, mas muitos não têm. Então, é preciso que a Igreja entre por dentro das próprias estruturas, junto com a Pastoral Familiar, somando com as diversas pastorais, como a Catequese, a Pastoral da Juventude, com o trabalho feito pela Pastoral Carcerária, com a Pastoral da Criança e tantas outras pastorais da Igreja.

Avanços

A Comissão Episcopal para a Vida e a Família classifica que é preciso haver avanços não só em um aspecto, mas em muitos:
Que pastoral não se forme como um grupo fechado dentro das comunidades a falar da família;
Que seja um leque articulador de toda a comunidade;
Que a Igreja a entenda como um eixo de toda a evangelização dentro da comunidade, mas, ao mesmo tempo, saber que fora da Igreja também há um campo de articulação;
Que ajude incentivando definições de políticas públicas e leis que favoreçam a família;
Que cada vez mais forme famílias sólidas.

.:: Vídeo explica tudo sobre a Pastoral Familiar no Brasil. Veja abaixo:


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.