Por Redação A12 Em Igreja

Projeto documental vai percorrer trajetória da lama da barragem de Fundão

Um projeto documental encabeçado por dois membros da Comissão Pastoral da Terra (CPT) vai mostrar o caminho da lama, um ano depois do crime da Samarco, que resultou no maior desastre socioambiental do país. O projeto tem o apoio da Fundação Rosa Luxemburgo, DKA Áustria, Diocese Colatina, Arquidiocese Mariana, CPT, Terra Sem Males e Movimento dos Atingidos por Barragens. 

projeto_lamaquemata

Quando a barragem do Fundão da Samarco rompeu, 62 milhões de metros cúbicos de lama intoxicados espalharam-se pelo Rio Doce, cobrindo comunidades inteiras e matando 19 pessoas.

Essa realidade que os idealizadores do projeto, Thomas Bauer (CPT) e Joka Madruga (TSM), querem apresentar por meio do registro de imagens e depoimentos dos moradores das comunidades atingidas. "O intuito do projeto é refazer o caminho da lama e saber o que foi feito e o que ainda se tem a fazer desde o dia do crime. Ouvir as histórias dos que ficaram para trás, na sua maioria sem voz, e os que anseiam justiça e até mesmo teus sonhos", destaca nota da CPT.

O resultado será a produção de um material didático para outras comunidades que correm o mesmo risco, já que atualmente existem mais de 180 barragens nas mesmas condições.

Ao final do projeto, os organizadores irão "devolver" o material produzido para os moradores e personagens do documentário. Será feito o mesmo trajeto e uma exposição fotográfica será montada em cada comunidade retratada, onde também serão feitas projeções do vídeo documentário em praça pública.

Mais informações na página do projeto no Facebook: @lamaquemata. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.