Por Luciana Gianesini Em Igreja Atualizada em 25 OUT 2019 - 14H34

Folheto litúrgico Deus Conosco celebra 50 anos de existência

Redação A12 ao vivo também trouxe informações ao vivo do Sínodo da Amazônia, em Roma

O Redação A12 ao vivo da sexta-feira (18) celebra os 50 anos do folheto litúrgico Deus Conosco e ainda conversa com a equipe que está na cobertura do Sínodo para a Amazônia, em Roma.

O convidado da tarde é o padre Ferdinando Mancílio, C.S.s.R., diretor de periódicos da Editora Santuário.

Reprodução YouTube
Reprodução YouTube


O jornalista
Eduardo Gois iniciou a entrevista perguntando qual o legado que o folheto Deus Conosco traz nesses 50 anos de existência. Padre Ferdinando destacou, nesse sentido, a missionariedade.

"Os 50 anos estão fundamentados na comunicação da Palavra ao povo de Deus, por meio deste instrumento. As pessoas leem esta mensagem que o folheto traz desde seu início, no que chamamos de reflexão ou catequese bíblico-missionária, e ele vai plantando esta dimensão da fé e da missionariedade no coração das pessoas", diz.

Com o tempo, a família Deus Conosco cresceu, ganhou versão diária, versão em letras grandes etc. Padre Ferdinando explica que as diferentes versões servem para atender as diferentes necessidades do povo.

"O folheto da missa traz a liturgia do domingo, da solenidade ou festa litúrgica, para a comunidade ter o tom participativo dentro da liturgia, o que eu acho fundamental. Nisso, o folheto traz essa facilidade, nesta função lógica e pastoral. O da celebração da Palavra tem o mesmo objetivo, mas está voltado à comunidade que não pode participar com frequência das missas de domingo. Ele está de acordo com os documentos da Igreja que falam sobre a celebração da Palavra, para que a comunidade possa celebrar, escutar e meditar, de fato, a palavra de Deus."

A Editora Santuário tem ainda o folheto da Missa com Crianças, que é apenas para as celebrações dominicais, para o qual o padre destaca a importância do nome "Missa COM Crianças", porque com elas vão o pai, a mãe, etc. "A liturgia, a linguagem está toda voltada para a criança, mas respeita a norma litúrgica da Igreja. A principal diferença é que traz apenas uma leitura, em vez de duas, como nas demais celebrações", esclarece.

:: Editora Santuário: Deus conosco

Já o livreto com a Liturgia Diária nasceu em 2002, trazendo todo o rito da liturgia em si, as orações e a palavra de Deus, além daquilo que o Missal Romano traz para cada dia. No final, o livreto traz ainda momentos orantes, que são, por exemplo, a celebração da comunhão para doentes e idosos e também as exéquias, que o o leigo pode rezar diante dos falecidos, entre outros ritos particulares.

Também temos o livreto da Liturgia Diária com letras grandes, com a preocupação da acessibilidade para as pessoas que têm alguma deficiência visual, que surgiu a partir da observação feita por um padre. A Editora Santuário traz ainda a Celebração da Palavra dia a dia, sendo uma publicação bimensal com o mesmo conteúdo dos folhetos de Celebração da Palavra, enriquecido com mais algumas reflexões.

Por último, a novidade da editora é o livreto Reflexões e Sugestões Litúrgicas, com ideias de dinamização das celebrações em comunidade. O Calendário Litúrgico também é outro recurso que a editora disponibiliza e que traz, em tamanho de bolso, todas as citações bíblicas das leituras de cada dia.

Eduardo Gois mostrou também o aplicativo Deus Conosco, que traz tudo isso à distância de um clique no celular. 


Padre Ferdinando Mancílio, C.S.s.R., diretor de periódicos da Editora Santuário

Padre Ferdinando falou ainda sobre os desafios de produzir este tipo de material frente ao avanço das novas tecnologias, os critérios para seleção e atualização de conteúdo e as mudanças enfrentadas nesses 50 anos de história.

Por fim, a equipe da Rede Aparecida de Comunicação que está realizando a cobertura do Sínodo da Amazônia, em Roma, trouxe suas impressões profissionais e pessoais deste evento tão importante para a Igreja no Brasil e no mundo.

Reprodução YouTube
Reprodução YouTube


Assista à live na íntegra, abaixo:



Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.