Por Valquíria Vieira Em Igreja

'Ruas do Brincar' é uma alternativa divertida para período de férias

As crianças já estão de férias e buscando por atividades para que esse período seja de diversão.

Sem perder a preocupação com o bom desenvolvimento dos pequenos a Pastoral da Criança incentiva atividades com o projeto ‘Ruas do Brincar’.

Essa iniciativa consiste em um espaço ao ar livre dedicado às brincadeiras livres e coletivas das crianças. Permite o convívio social, os movimentos amplos, amplia noções espaciais e incentiva o convívio familiar para que a criança possa brincar muito.

Segundo Ir. Veroni Medeiros, assistente técnica da coordenação nacional da Pastoral da Criança na área de desenvolvimento infantil essa proposta faz parte da ação “Brinquedos e Brincadeiras” desenvolvida em comunidades Brasil afora e é uma forma de tornar as crianças mais felizes.

projeto ruas do brinca pastoral da criança ferias

“ Para garantir que as crianças avancem, o ideal é criar um espaço externo desafiador, seguro, livre capaz de despertar a curiosidade e muitas descobertas por conta própria. As crianças precisam espaço livre para correr, saltar, brincar, dançar e cantar. Esta bela convivência estimula as noções básicas de aprendizagens e as torna mais felizes”, explicou.

:: Pastoral da Criança recomenda convivência familiar para período de férias

 

"As crianças precisam espaço livre para correr, saltar, brincar, dançar e cantar. Esta bela convivência estimula as noções básicas de aprendizagens e as torna mais felizes".

Além de ser um bom estímulo ao desenvolvimento infantil, Ir. Veroni ainda salienta a importância de ensinar as crianças a apreciar a natureza.

“Precisamos orientar nossas crianças para contemplar o belo, entender a diversidade, apreciar o canto dos pássaros, o perfume das flores, observar como as borboletas saem do casulo para conquistar sua liberdade. A convivência com a natureza gera paz, desafios, desperta a curiosidade e muitas oportunidades para viver e conviver. Os ganhos corporais acionam e estimulam as conexões entre os neurônios, o que favorece as habilidades espaciais, melhora as funções do equilíbrio, além da interação das crianças com diferentes idades”.

projeto ruas do brinca pastoral da criança feriasPreocupadas com a segurança das crianças, as famílias tendem a permitir brincadeiras somente em ambientes fechados ou ainda sem companhia, mas de acordo com a Ir. Veroni é necessário reivindicar direitos para uma vida melhor.

“As famílias, as comunidades precisam unir-se e reivindicar mudanças. Urge mobilização da sociedade e do poder público para a garantia do direito do brincar ao ar livre.      Os adultos devem estar atentos e buscar alternativas para garantir os direitos das crianças. O Marco Legal da Primeira Infância, aprovado pelo governo federal, no dia 08/03/2016, se constitui como Lei 13.257. Esta lei cria uma série de programas, serviços e iniciativas voltados à promoção do desenvolvimento integral das crianças desde a gestação, nascimento e até os seis anos de idade. A Pastoral da Criança orienta para ficarmos atentos e acompanharmos esses avanços”, colocou.

:: Pastoral da Criança celebra aprovação do Marco Legal da Primeira Infância

projeto ruas do brinca pastoral da criança ferias

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Valquíria Vieira, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.