Por Redação A12 Em Catequese Atualizada em 13 AGO 2019 - 10H54

Catequese em Libras sobre o 'Mês Vocacional'

Mês Vocacional: Viver o Chamado

Catequese: Padre Luiz Camilo Jr - C.Ss.R 
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Padre Luiz Camilo Júnior nos orienta sobre o mês vocacional. Saiba em oito tópicos o que pensar sobre esta temática. Leia ou assista o vídeo acima com interpretação em Libras.


1. O mês de agosto é marcado pela dimensão vocacional de nossa vida. Mês onde intensificamos nossa oração, pedindo ao Senhor da Messe que envie trabalhadores para a grande obra da evangelização. Rezamos pedindo pelas vocações e também rezamos pela perseverança de todos os vocacionados.


2. Vocação é o chamado que Deus nos faz, para que nossa vida se transforme num dom de amor ao próximo. Pelo batismo, todos somos escolhidos e consagrados para uma missão. Por isso, existem na Igreja, a partir da consagração batismal, muitas vocações específicas, ou seja, Deus chama a cada um para viver sua missão batismal num estado especial de vida. Deus nos chama porque nos ama. Por isso, toda vocação vai exigir também uma resposta de amor.


3. No mês de agosto, rezamos de maneira especial por quatro vocações muito presentes na missão da Igreja e no anúncio do Evangelho. Sabemos que é o Pai que nos escolhe; O Filho que nos chama e o Espírito Santo que nos consagra e nos envia em missão.


4. No primeiro domingo de agosto, por celebrarmos, no dia 04, a memória de São João Maria Vianney, patrono dos Párocos, rezamos pela vocação sacerdotal. Rezamos pelos padres, que são chamados pelo Sacramento da Ordem a continuarem na vida da Igreja a Missão do Cristo, Bom Pastor. Os padres anunciam o Evangelho e alimentam a fé das comunidades cristãs pela celebração dos sacramentos.


5. No segundo domingo de agosto, celebramos a vocação matrimonial, a consagração do amor para constituir família. Com a celebração do dia dos pais, rezamos a grandeza de ser família. A família tem a missão de ser no mundo a imagem do amor da Trindade Santa. É o amor que gera profunda comunhão de vida.


6. No terceiro domingo de agosto, por celebrarmos, no dia 15, a Assunção de Nossa Senhora, rezamos a vocação à vida religiosa consagrada: irmãos, freiras e monges que, na vivência dos conselhos evangélicos de Pobreza, Castidade e Obediência, dão ao mundo o testemunho da radicalidade da vivência batismal e são, na caridade, testemunhas do amor do Cristo, principalmente em favor dos pobres e abandonados do mundo.


7. No quarto domingo, rezamos a vocação leiga, vocação da maioria dos batizados, que são chamados a ser no mundo sal e luz. Dentro da vocação leiga, damos um destaque à vocação dos catequistas, aqueles que têm a missão de educar na fé as crianças, adolescentes e jovens, para que sigam o caminho de Cristo, vivam os valores do Evangelho e pratiquem os ensinamentos da Igreja.


8. Assim, entendemos que vocação é o dom que Deus nos dá para que, na força do seu amor, construamos seu Reino de justiça, verdade e vida. Maria é a vocacionada do Pai. Ela rezou com amor e coragem o seu Sim à vocação que Deus lhe deu. Que a exemplo de Maria, tenhamos também a generosidade em responder com a vida ao chamado que o Senhor nos faz. Ele nos escolhe não porque mereçamos, mas sim, porque nos ama. Vivamos então a alegria de sermos chamados. Vivamos a alegria de sermos amados.

:: Existe idade para descobrir a vocação?
:: 11 dicas para a promoção vocacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Catequese

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.