Por Redação A12 # Em Evangelhos Atualizada em 02 AGO 2018 - 14H18

Evangelho em Libras | 18º Domingo do Tempo Comum – Ano B


Reflexão: Padre Luiz Camilo Jr - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário


(Jo 6, 24-35)

Naquele tempo, quando a multidão viu que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, subiram às barcas e foram à procura de Jesus, em Cafarnaum. Quando o encontraram no outro lado do mar, perguntaram-lhe: “Rabi, quando chegaste aqui?” Jesus respondeu: “em verdade, em verdade, eu vos digo: estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes satisfeitos. esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o filho do homem vos dará. pois este é quem o pai marcou com seu selo”. Então perguntaram: “que devemos fazer para realizar as obras de Deus?”
Jesus respondeu: “a obra de Deus é que acrediteis naquele que ele enviou”.
Eles perguntaram: “que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? que obra fazes? nossos pais comeram o maná no deserto, como está na escritura: ‘pão do céu deu-lhes a comer’”.
Jesus respondeu: “em verdade, em verdade vos digo, não foi Moisés quem vos deu o pão que veio do céu. É meu pai que vos dá o verdadeiro pão do céu. pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”.
Então pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”. Jesus lhes disse: “eu sou o pão da vida. quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.


Reflexão

Após a multiplicação dos pães no deserto, Jesus e seus discípulos vão para outro lugar, pois há muitas pessoas necessitadas de gestos de compaixão. A multidão também entra na barca e segue Jesus, pessoas movidas por muitos interesses, e o interesse maior era pelo pão que haviam recebido no deserto e queriam que Cristo continuasse oferecendo. Eles vão atrás de Jesus porque tinham comido e ficado saciados, mas não tinham aprendido a lição da partilha que Jesus ensinou, do compromisso em dividir o pão, para que assim o pão seja realmente nosso e seja pão para todos. Por isso, ao ver aquela multidão indo novamente atrás dele, Jesus pergunta: “vocês estão me procurando não porque viram sinais, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos”. Jesus não quer que as pessoas o procurem por causa dos milagres que ele realiza, mas sim, pelo Reino de Deus que ele anuncia, pois quando as pessoas estiverem comprometidas com a lógica do Reino de Deus haverá partilha, justiça, verdade e caridade. Assim, Jesus os motiva a buscar não apenas o pão que sacia o corpo, mas a desejar também o alimento que dura para a vida eterna. E esse alimento é participar da vida de Jesus e de sua missão. E Jesus é o verdadeiro pão que sustenta todos aqueles que desejam viver a dimensão da partilha que constrói o Reino do Pai. Jesus ensinou a partilha como caminho para superar a fome, mas se a multidão não aprender a partilhar, continuarão havendo necessitados de pão, pois anda não se aprendeu a verdadeiramente amar. Reconhecer que o verdadeiro Pão é Jesus, nos levará a perceber Jesus se revela na partilha. Por isso Jesus afirma que todos aqueles que vão até ele, não unicamente pelos milagres que realiza, mas por desejar participar do seu projeto de amor, serão verdadeiramente saciados de vida. 

.:: Veja a liturgia de hoje 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12 #, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.