Notícias

Missa na Basílica Histórica abre Encontro Mundial das Famílias em Aparecida

No evento que ocorre até 26 de junho, serão discutidos temas para que as famílias caminhem junto com a Igreja

Escrito por Alberto Andrade

23 JUN 2022 - 11H51 (Atualizada em 23 JUN 2022 - 14H09)

Reprodução Facebook

No Vaticano e nas Dioceses em todo o mundo, houve a abertura do 10º Encontro Mundial das Famílias, com o tema “O amor em família: vocação e caminho de santidade”, que discutirá até o dia 26 de junho, assuntos relevantes para a família, como vocação, santidade, amor familiar, motivando cada cristão que tem dificuldades em casa a procurarem a ajuda da Pastoral Familiar em todo o Brasil.

Leia MaisFamílias brasileiras atingidas por chuvas recebem kits da CáritasCNBB prepara delegação para o 10º Encontro Mundial das FamíliasNa quarta-feira (22), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), juntamente com o Santuário Nacional de Aparecida (SP), realizou a abertura do encontro com a celebração da Santa Missa das 18h. 

Na homilia, o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB , Dom Ricardo Hoepers, bispo de Rio Grande (RS), enfatizou que o verdadeiro amor dentro de casa produz frutos:

“Amor de verdade tem que ter responsabilidade! Se eu amo meu esposo, meus filhos, se amo minha esposa, minha família, eu me sinto responsável por eles! Não vou abandoná-los! Não vou deixar para que faça o que quiserem! Não vou simplesmente achar que todo mundo deve viver sua vida, cada um conforme a sua própria consciência! Não é assim povo de Deus! Amor de verdade se responsabiliza, cuida, protege!“, orienta o Bispo.

Dom Frei João Bosco Barbosa de Sousa, ofm, bispo da Diocese de Osasco (SP), também falou durante a homilia, a respeito do que o Papa Francisco falou sobre a santidade dentro da família:

“A família é um espaço privilegiado para viver essa vocação à santidade! Se essa vocação é presente de Deus, temos que abraçá-la e andar nesse caminho árduo que vivemos em casa, na nossa Igreja doméstica. Lá tem criança, tem jovem, tem adulto, tem idoso, tem doente, tem gente que tá procurando emprego e não consegue sustentar a família. Toda essa realidade é o espaço para a gente viver essa santidade do dia a dia, que o Papa pede que a gente viva integrado com os valores do Evangelho presentes nesse mundo!, disse o Frei.

Dom João também elogiou a iniciativa da Igreja em trabalhar com as famílias nesse tempo que vivemos.

“A gente viveu tantas dificuldades de convivência nesse período da pandemia. Famílias que se dividiram, que se não conseguiram sustentar a vida, e por outro lado outras famílias que por causa disso mesmo se superaram e estão hoje aqui agradecendo a Deus por ser família. O matrimônio e a família são uma verdadeira vocação de Deus e um caminho de santidade hoje como pede o Papa Francisco. Vamos nos unir ao Papa nestes dias, vamos acompanhar, rezar e agradecer a Deus o dom da família e crescer, porque o mundo precisa enxergar em nós especialmente nos Cristãos esse espelho de amor que deve ser a família para o bem da humanidade!”, concluiu.

Padre Carlinhos explica sobre o Encontro Mundial das Famílias


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alberto Andrade, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.