Notícias

Piso do Santo Sepulcro passa por restauração

O local é o mais venerado pelos cristãos em todo o mundo, pois fica onde ocorreu a crucificação, sepultamento e ressurreição de Cristo

Escrito por Guilherme Gomes

12 AGO 2022 - 11H49 (Atualizada em 12 AGO 2022 - 13H04)

Reprodução/ Vatican Media

Leia MaisHistória de fé e devoção na Corrida Mãe AparecidaEstrela do cinema americano confessa que pensou em seguir vida religiosaA12 Conecta fala sobre o mês das vocações

A Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém é o local mais venerado pelos cristãos em todo o mundo, pois fica no local da crucificação, sepultamento e ressurreição de Cristo.

O piso do local está passando por uma restauração realizada pela equipe do Departamento de Ciências da Antiguidade da Universidade Sapienza de Roma. As investigações arqueológicas são conduzidas sob a direção da Professora Francesca Romana Stasolla, auxiliada pelos Professores Giorgia Maria Annoscia e Massimiliano David.

Apesar das obras e dos estudos, o local santo foi dividido em áreas, fazendo com que os peregrinos possam continuar visitar o Santo Sepulcro e também que as liturgias diárias aconteçam normalmente.

Desde maio de 2022, as investigações arqueológicas estão envolvendo parte da nave norte da basílica, conhecida como "Arcos da Virgem" e a parte noroeste.

Na área da nave norte foi identificada uma sequência estratigráfica muito interessante, que permitiu retraçar os túneis escavados pelo padre Virgilio Corbo, na década de 1960, mas que também permitiu a aquisição de dados inteiramente novos. As mais interessantes são as que dizem respeito aos canteiros da época de Constantino, referentes à construção do complexo religioso implantado numa área de pedreira.

Entre os muitos materiais encontrados, destaca-se a presença de mosaicos relativos à decoração de pisos.

Reprodução/ Vatican Media
Reprodução/ Vatican Media
O piso do local está passando por uma restauração realizada por uma equipe da Universidade Sapienza de Roma


Na porção centro-norte da área, próximo à edícula do Santo Sepulcro, foi encontrado um Túnel, parcialmente já destacado em pesquisas anteriores, que desce verticalmente junto à edícula, por uma profundidade de 2,80m. Sua conexão com todo o sistema de escoamento de água constitui um ponto importante no estudo dos aspectos arquitetônicos que estão sendo analisados no projeto.

Após a visita às duas áreas, os representantes das Comunidades dirigiram-se para uma sala onde puderam conversar com os arqueólogos e ter mais informações sobre o método de trabalho. Tiveram um encontro também com a restauradora Daniela Russo, coordenadora da equipa do Centro de Conservação e Restauração "La Venaria Reale”, que os atualizou sobre o andamento dos trabalhos de restauração no piso.

Os dados processados durante a escavação são inseridos em um banco de dados previamente criado para o projeto e vinculado às diferentes fontes históricas e de arquivo, também graças ao suporte remoto em Roma.

Curiosidades do local

As chaves da Basílica do Santo Sepulcro são guardadas por uma família muçulmana, que assumiu essa responsabilidade em 1192, passando a missão de geração em geração.

As eternas disputas entre as diferentes comunidades cristãs do Santo Sepulcro levaram à verdadeira loucura. Uma velha escadaria de madeira repousa em uma das janelas da fachada da basílica. Nenhum monge a moveu por medo de represálias dos que estão na frente. A escada existe desde 1852.

Todas as noites, vários membros de cada comunidade cristã se trancam na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém e dormem ali, com um duplo objetivo: proteger o Santuário e resguardar seus espaços da igreja da inveja dos demais monges.

.:: Conheça os locais secretos do Santuário Nacional

Fonte: Vatican News

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Guilherme Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.