Por Redação A12 # Em Redação A12 Atualizada em 07 SET 2018 - 14H42

Qual o significado das invocações na Ladainha de Nossa Senhora?

Desde sempre, as ladainhas são usadas como súplicas dos fiéis, principalmente durante procissões e novenas. Uma das mais conhecidas é a Ladainha de Nossa Senhora ou Ladainha Lauretana. Algumas modificações aconteceram ao longo do tempo, feitas por peregrinos e papas. No entanto, algumas expressões são difíceis de entender. Geralmente, são as chamadas invocações simbólicas. Padre Camilo explica cada uma delas para você compreender o que está rezando.

Qual o significado das invocações na Ladainha de Nossa Senhora?

1. Ladainha é uma palavra de origem grega que quer dizer “suplica”. As ladainhas sempre foram usadas para indicar as suplicas que os fiéis rezam, principalmente durante procissões e novenas. Dentro da religiosidade popular, as ladainhas ocupam um lugar todo especial.

2. Existem várias ladainhas, porém a mais conhecida e usada é a Ladainha de Nossa Senhora, também chamada de Ladainha Lauretana, por ter sua origem no Santuário de Loreto, na Itália, no século XIII. Com o tempo, uma série de súplicas a Nossa Senhora foram sendo compostas pelos peregrinos, que, em visita ao Santuário de Loreto, invocavam Maria pelos mais variados títulos espirituais.

3. A Ladainha a Nossa Senhora foi aprovada oficialmente pelo Papa Clemente VIII em 1601. Ao longo dos tempos algumas invocações foram sendo acrescentadas pelos papas, como por exemplo: “Rainha concebida sem pecado” em 1854. “Mãe do Bom Conselho”, em 1903; “Rainha da Paz” em 1917. “Rainha Assunta ao Céu” em 1950. “Mãe da Igreja” em 1964 e “Rainha da Família”, em 1995, por João Paulo II.

4. Na Ladainha, as invocações iniciais não se dirigem a Nossa Senhora, mas sim, a Jesus Cristo e à Santíssima Trindade. Porque tudo em Maria nos leva para Jesus. A vida de Maria nos faz chegar até Deus.

5. Depois seguem-se três invocações nas quais se pronuncia o nome da Virgem, Santa Maria e lembramos dois dos seus principais privilégios: Ser Mãe de Deus e Virgem das virgens.

6. Em seguida, há vários grupos de invocações a Nossa Senhora: 13 invocações para honrarmos a maternidade de Nossa Senhora; 6 invocações para honrarmos a sua virgindade; 13 invocações que são figura simbólicas; 4 invocações de sua misericórdia, e 13 invocações de Maria como Rainha.

7. Queremos aqui refletir as 13 invocações simbólicas, onde está a dificuldade dos fiéis intenderem seu significado.

Leia MaisVamos falar sobre suicídio? Saiba como superar mitos, ter atenção aos sinais de alerta e ação preventiva

1) Espelho de Justiça: Justiça aqui se entende no sentido de santidade. Maria é o espelho da perfeição cristã.

2) Sede da Sabedoria: Jesus é a Sabedoria. Maria o carregou em seu ventre, e na vida de Maria continuamos encontrando Jesus.

3) Causa de Nossa Alegria: A verdadeira alegria é poder estar com Deus, viver em Deus. Maria nos trouxe Jesus, por isso ela é a causa da nossa maior alegria que é Cristo.

4) Vaso Espiritual: Quando na cruz, até os apóstolos abandonaram Jesus, Maria guardou em seu coração a fé como um tesouro inabalável.

5) Vaso honorífico: A honra é um valor em si mesmo. Diante da decadência do ser humano, Maria guardou a honra de ser toda de Deus. Sem Maria, ficaria faltando quem representasse a perfeição do humano criado por Deus.

6) Vaso insigne de devoção: Devoto quer dizer dedicado a Deus. A criatura que mais se dedicou a Deus, foi Nossa Senhora. Por isso ela é sinal da devoção que nosso coração precisa ter para com as coisas de Deus.

7) Rosa Mística: A Rosa é a rainha das flores. Na dimensão espiritual Nossa Senhora possui a forma mais bela de aquilo que representa a perfeição

8) Torre de Davi: o Rei Davi tomou a fortaleza dos jebuseus e edificou Jerusalém em torno dela. A Igreja é a Nova Jerusalém e nela temos uma torre, uma fortaleza que nos protege do poder do inimigo. Maria é fortaleza protegendo os fiéis.

9) Torre de Marfim: O Marfim é um material ao mesmo tempo muito forte e muito claro. Símbolo do equilíbrio entre suavidade de força. Nossa Senhora é muito forte, seus pés esmagam a serpente, mas ela é também toda pureza e bondade.

10) Casa de ouro: O ouro é considerado o mais nobre dos metais. Maria é a casa de ouro, pois acolheu em seu ventre o próprio autor da vida.

11) Arca da aliança: No AT, na arca da aliança ficavam as tábulas da lei dadas por Deus a Moisés. No Novo Testamento, Cristo é a Nova Aliança de Deus com a humanidade, e Maria é a arca que o guardou e a nós ofereceu.

12) Porta do Céu: Foi por meio de Maria que Jesus veio à terra, e é por Ela favorece nossa entrada no céu.

13) Estrela da manhã: Antes do sol nascer, aparece no horizonte uma estrela de maior brilho. Assim é Maria, o seu nascimento significava que logo nasceria o Sol da Justiça. Maria é sempre o anúncio da Luz que virá.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12 #, em Redação A12

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.