Por Redação A12 Em Santo Padre

Francisco segue para a Bolívia na tarde desta quarta-feira

Há 27 anos sem receber um papa, a Bolívia acolhe nesta quarta-feira (8) o Papa Francisco. Depois de visitar o Equador, o Santo Padre desembarcará, no fim da tarde, no aeroporto internacional de El Alto, a escala internacional mais alta do mundo, a mais de quatro mil metros de altitude. 

papa_bolivia

No aeroporto, o Pontífice receberá as boas-vindas, honras militares e ouvirá o discurso do presidente Evo Morales. Ao final, Francisco também fará um discurso e concederá sua bênção. Em La Paz, Francisco realizará a visita de cortesia ao Presidente Evo Morales e, na Catedral, encontrará as autoridades civis. À noite, o Papa deixará a capital em direção a Santa Cruz de la Sierra, o centro econômico boliviano. O Papa ficará hospedado na residência do Cardeal Julio Terrazas. 

Em Santa Cruz de la Sierra, o Papa celebrará uma missa campal, se encontrará com o clero boliviano, participará do II Encontro Mundial de Movimentos Populares, onde falará para mais de 1.500 delegados de diversos países que discutem problemas sociais e ambientais que eclodem no mundo inteiro. Na sexta-feira (10), o Santo Padre visitará o presídio de Parmasola e ouvirá o testemunho de alguns presos e presas. No fim da manhã se encontrará com os bispos do país na Paróquia de Santa Cruz. Em seguida irá para o aeroporto de Viru Viru com destino a Assunção, no Paraguai, o terceiro e último país a ser visitado nesta viagem apostólilca. 

Desigualdades sociais na Bolívia

Desde  a visita de João Paulo II, o cenário político boliviano sofreu grandes transformações, mas no aspecto social, os desafios permanecem visíveis nos rostos indígenas descartados pelo sistema. Caminhando pelos anéis concêntricos que compõem Santa Cruz, a imagem é de simplicidade, como uma cidade interiorana brasileira: poucos prédios e muitos sobrados mal conservados em estilo colonial. 

Com cerca de dois milhões de habitantes, é a cidade mais populosa do país, com mais de 500 anos de história. Situada no oeste da Bolívia, Santa Cruz é bem diferente da maior parte das cidades bolivianas nos Andes. Mas não esconde uma característica comum de toda a América Latina: o abismo entre ricos e pobres. Na periferia, luxuosos condomínios fechados se isolam das mazelas sociais, das crianças que mendigam pelas ruas. Nessa sociedade desigual que o Papa deixará a sua mensagem. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.