Por Redação A12 Em Santo Padre

Papa Francisco entrega Prêmio Ratzinger a dois teólogos, entre eles um ortodoxo

Os ganhadores da edição 2016 do Prêmio Ratzinger são dois teólogos, um italiano, Inos Biffi e um grego Ioannis Kourempeles, o primeiro ortodoxo a receber esse reconhecimento.

fundacao_vaticana_joseph_ratzinger

Esse é o sexto reconhecimento outorgado pela Fundação Vaticana aos estudiosos que se destacaram particularmente em atividade de investigação científica de carácter teológico.

:: Conheça 5 curiosidades que o Papa Emérito conta no Livro “Bento XVI: últimas conversas”
:: Inspirado pelo Ano da Misericórdia, Papa institui Dia Mundial dos Pobres

O Comitê Científico da Fundação é composto pelos Cardeais Angelo Amato e Kurt Koch e pelo Arcebispo Luís Ladaria. Os nomes dos vencedores foram apresentados ao Papa Francisco que entregará o prêmio em uma cerimônia neste sábado (26) na Sala Clementina do Palácio Apostólico.

O Prêmio Ratzinger é considerado o Prêmio Nobel da Teologia

Um dos ganhadores, Inos Biffi aponta que a teologia não somente substitui a fé, mas amadurece nela e que é importante manter os estudos em teologia.

“A teologia hoje, como sempre, ainda é importante, quando se compreende sua natureza, que é a de pensar a fé e então acolher a Palavra de Deus com lucidez e com amor. Uma teologia que nasce da mesma fé e que permanece como a raiz e o alimento”, disse.

A entrega do prêmio marcará o encerramento do VI simpósio internacional “A escatologia: análises e perspectivas”, que está acontecendo em Roma na Universidade Pontifícia de Santa Cruz. Esse simpósio já foi realizado pela Fundação Ratzinger em Polônia (Bydgoszcz), Brasil ( Rio de Janeiro), Itália (Roma) , Colômbia (Medellín) e Espanha (Madrid).

Os Ganhadores

Inos Biffi

Nasceu em 1934 no norte de Itália. É professor de teologia sistemática e de historia da teologia medieval na Faculdade de teologia de Itália e na Faculdade Suíça de Lugano. É membro da Pontifícia Academia de Teologia, e presidente do Instituto de História da teologia medieval em Milão.

Ioannis Kourempeles,

Nasceu em Atenas em 1965. Estudou teologia na Faculdade teológica de Salónico, Erlangen y Heidelberg. É professor na Faculdade de Teologia da Universidade Aristóteles de Salónico. Primeiro ortodoxo que recebe o Premio Ratzinger.

Nas edições anteriores receberam esse reconhecimentoo: Manlio Simonetti, Olegario González de Cardedal e Maximilian Heim em 2011; Rémi Brague e Brian E. Daley em 2012; Richard A. Burridge e Christian Schaller em 2013; Anne-Marie Pelletier e Waldemar Chrostowski em 2014; Mario de França Miranda e Nabil el-Khoury em 2015.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.