Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias

Poté (MG): uma terra de missão

A região Norte do estado de Minas Gerais aproxima-se muito da região Nordeste do Brasil pela geografia e clima, como também pelo calor humano de sua gente. Nesta região, habitada por um povo valente e corajoso, enfrenta-se também a calamidade da seca e da pobreza, mas ali se pode conhecer também o ardor religioso e a fé de seu povo. Na verdade esta fé é que sustenta o povo na sua luta diária, em busca de melhores condições de vida e de trabalho. 

Missões Redentoristas em Poté (MG)

Nesta região, localiza-se a cidade de Poté, com os seus 16 mil habitantes que desde o início do ano encontra-se engajada numa intensa Ação Missionária que são as Santas Missões Redentoristas.

Padre Ivair que está coordenando as Missões Redentoristas na Paróquia Senhor Bom Jesus, juntamente com a Irmã Stella Christofoletti, viajaram 910 km da sede da equipe missionária que integram em São João da Boa Vista, São Paulo, para chegar a Poté. A cidade faz parte da diocese de Teófilo Otoni (MG), distante 319 km da capital Belo Horizonte. 

A pequena Poté está situada no Vale do Mucuri, região norte de Minas Gerais e tem 15.718 habitantes, segundo o último censo IBGE. Embora pequena, possui muitos desafios sociais e econômicos.

"Não só em Poté, como em toda a região a pobreza é uma realidade assustadora. Aqueles que podem, migram para os EUA ou para regiões do próprio estado de Minas ou de outras regiões", assinala padre Ivair. Nessa realidade, inúmeras famílias são dependentes de programas do governo federal e muitas que vivem da agricultura sofrem com o problema da seca.

Outra realidade devastadora em Poté é o problema com as drogas e, consequentemente, a violência. "Muitos marginais fogem da cidade grande e se escondem nesta pequena cidade, fugindo da ação policial. Por causa disso, a violência vem crescendo consideravelmente", completa padre Ivair. 

Realidade paroquial

O pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus, padre José Geraldo Gregório dos Santos, do clero diocesano, se desdobra para dar assistência às 29 comunidades da paróquia. A maioria da população é formada de pessoas católicas, porém, nem todas estão engajadas na vida paroquial. Em algumas comunidades até mesmo as crianças ficam fora da catequese por falta de catequistas. Outro fator preocupante é crescimento das seitas. Aproveitando-se da situação de pobreza da população, membros de algumas seitas trocam roupas, bolsas e sapatos pela participação na igreja.

Missões Redentoristas em Poté (MG)

A Paróquia Senhor Bom Jesus é formada por 20 comunidades rurais, 2 distritais e 7 urbanas, mas como a consciência do dízimo ainda é incipiente, a sustentação das comunidades se faz com muitas dificuldades. Pe. Ivair, chegou a afirmar, e com razão: "Poté é, de verdade, uma terra de missão".

A província de São Paulo colabora com este esforço missionário reduzindo as despesas da missão, custeando a produção de alguns materiais que são usados nas várias fases das missões como os impressos, além de sustentar os missionários em suas viagens.

Depois da realização das duas primeiras fases das missões, a terceira fase, com a evangelização nas comunidades da paróquia receberá uma equipe de 11 missionários, de 15 de abril a 3 de maio. 

Veja algumas fotos das missões em Poté: 

 

 Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.
Equipe de Comunicação das Santas Missões

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.