Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias

Tempos de misericórdia, tempos de consolação: Missões em Espinosa (MG)

A cidade de Espinosa, com os seus 32 mil habitantes, localizada na região norte de Minas Gerais, quase na divisa com a Bahia, na microrregião de Janaúba, recebe desde o dia 22 de abril a Terceira Fase das Missões.

O período de intensa evangelização acontece até o dia 22 de maio, pregando a mudança de vida e a participaçao ativa na comunidade. A equipe missionária da Vice-Província da Bahia responsável pela animação missionária se desdobra com afinco na evangelização das comunidades rurais e urbanas.

Espinosa que no passado se chamou também Lençóis ou Lençóis do Rio Verde, é um antigo distrito criado em 1872 e 1891, subordinado ao município de Boa Vista do Tremendal (hoje: Monte Azul). O distrito foi elevado à vila com a denominação de Espinosa em 1923 e instalado como município em 9 de março de 1924.

A área do município se estende por quase 2 mil km². No passado a região viveu o ciclo do algodão, mas depois da destruição provocada pelo bicudo nunca mais se recuperou e, como a grande maioria dos municípios do interior, passa por crises continuadas devido à escassez de recursos.

A paróquia dedicada a São Sebastião pertence à Diocese de Janaúba e tem à sua frente o bispo Dom Ricardo Guerrino Brusati. A paróquia é muito antiga, tendo sido criada em 1868, sendo formada hoje por 33 comunidades. Seu pároco atual é o Pe. Eliezer Lima da Fonseca que tem como vigário paroquial o Pe. Junior Pereira. Eles solicitaram a pregação das Santas Missões como forma de animar o povo das comunidades em sua caminhada de fé e como forma de intensificar a vivência do verdadeiro espírito de Igreja e de comunidade. 

Veja fotos: 

Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.
Equipe de Comunicação
Santas Missões

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.