Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 25 SET 2020 - 15H32

Redentoristas que emprestaram sua voz à Rádio Aparecida

No Dia Nacional do Rádio nossa homenagem aos Missionários Redentoristas que emprestaram sua voz para a Rádio Aparecida e deixaram sua marca neste instrumento de comunicação a serviço da Rainha e Padroeira do Brasil.

Hoje, sem esquecer que todos foram importantes, queremos trazer alguns nomes desses missionários que fizeram história em alguns dos programas da emissora. Alguns desses programas já não estão mais na grade de programação, mas ainda são lembrados pelos ouvintes fiéis.

Contudo, queremos lembrar antes um personagem principal da trajetória da Rádio, o Padre Vítor Coelho de Almeida. Este missionário que dispensa apresentações foi sua voz profética por 36 anos e marcou a programação com sua voz grave e sua mensagem clara e direta, especialmente através do programa Os ponteiros apontam para o infinito e Consagração.

A Rádio Aparecida foi tão marcante na vida do povo brasileiro que a partir da década de 50 ela chegou a receber até 10 mil cartas por mês de seus ouvintes. Por isso, recordar os nomes de alguns dos missionários na emissora é recordar uma trajetória de sucesso.

Conheça abaixo esses missionários! 

Rádio Aparecida/Comissão Patrimônio Província
Rádio Aparecida/Comissão Patrimônio Província
Missionário recebe cartas na rádio; Padre Vítor com padre Rubem Galvão e o superior geral padre Gaudreau e, por último, inauguração da Rádio em 1951



Padre Rubem Leme Galvão

A história do padre Galvão com a Rádio Aparecida (veja ele na foto acima de branco junto com padre Vítor Coelho) começa em 1956 quando ele foi nomeado terceiro diretor da Rádio Aparecida. No mesmo ano foi criado o programa Marreta na Bigorna pelo padre Laurindo Rauber, mas que foi produzido e apresentado pelo padre Rubem. Ele ficou na rádio até 1965 e ali conquistou ouvintes em todo o Brasil. Com muita crítica e bom humor, ele falava sobre os fatos que eram destaque e a Palavra de Deus. 

Ouça um programa histórico: 

Padre Ronoaldo Pelaquim

Padre Pelaquim é autor de mais de 500 canções do universo religioso, mas ele também ganhou destaque no programa Gente Pequena que ele mesmo criou na década de 80, e inclusive onde várias pessoas que trabalharam com ele continuaram uma carreira artística. Com enfoque catequético, o programa diário trazia um conteúdo lúdico para o aprendizado da criança sobre assuntos religiosos.

Padre Agostinho Frasson

A Consagração a Nossa Senhora ficou conhecida em todo o Brasil pelo Padre Vítor Coelho de Almeida, mas outros missionários também fizeram história assumindo esse momento tão especial com os romeiros, e foi o caso do padre Frasson. Ele conduziu o programa por muitos anos e arrebanhou muitos devotos com suas reflexões. 

Sua marca também está com o programa “Missionários Redentoristas com Você” que trazia a presença das Santas Missões para a rádio. Apresentado nas manhãs de domingo informava sobre como estavam os trabalhos das equipes missionárias. Em 2006, esse programa passou a se chamar Nossa Missão, e até hoje está na grade da emissora. Padre Agostinho como também outros missionários ficaram ainda mais conhecidos nesse encontro missionário dominical da rádio.

Padre Antônio Clayton Sant´Anna

A presença do Padre Clayton pela Rádio Aparecida passa especialmente pelo quadro ‘No princípio era o Verbo’ que é apresentado dentro do programa Com a Mãe Aparecida. A presença do missionário trazia aos ouvintes uma reflexão da Palavra de Deus de cunho catequético e de fácil compreensão. É um dos programas mais antigos da rádio.

Ouça um desses programas do ano de 2018, na voz do missionário:

Irmão Ernesto Coelho

Saudação Angélica faz parte de um dos programas mais antigos da rádio, que hoje se chama Oração do Ângelus. É um momento que traz a oração com o anúncio do Anjo Gabriel a Maria, que a Igreja indica rezar sempre às 6h, 12h ou 18h.

Irmão Ernesto assumiu esse programa no início dos anos 90, e ele sucedeu a Dom Geraldo Maria de Morais Penido, então arcebispo de Aparecida. Esse horário era de costume dos bispos, e quando Dom Geraldo deixou de apresentar Irmão Ernesto assumiu esse compromisso por vários anos. Era um programa de reflexão com linguagem bem popular e muito querido pelos ouvintes. Além desse ele também apresentou Perguntas e Respostas e Nossa Missão.

Reprodução A12
Reprodução A12
Irmão Viveiros, vocação pela rádio


Irmão João Batista de Viveiros

Outro missionário bastante conhecido pelo devotos é Irmão Viveiros. Sua missão é reconhecida hoje especialmente através de seu trabalho no Santuário Nacional e junto do Terço dos Homens. Como todo missionário que já fez de tudo um pouco, ele deixou sua marca também na rádio. Um fato curioso da história é que Irmão Viveiros é uma vocação que nasceu da rádio, de ouvir as mensagens vocacionais. A gente conta essa história aqui.

Na rádio o missionário ficou conhecido nos programas Você também é chamado e Nossa Missão; o primeiro trazia uma propaganda vocacional e o segundo tratava sobre as Santas Missões. Ele também apresentou outros programas e hoje apresenta o Notícias Missionárias.

Irmão Manoel Aparecido dos Santos

A presença do Irmão Manoel se deu no programa Você também é Chamado. Ele assumiu essa responsabilidade quando integrou a equipe do Secretariado Vocacional Redentorista. Como promotor buscava orientar especialmente os jovens sobre as diversas vocações e a vocação redentorista.

Esse trabalho fez com que o missionário ousasse em outra mídia dando origem a um site vocacional no endereço secretariadovocacionalredentorista.com, que foi como um embrião para o surgimento do A12.

Padre Carlos Artur Annunciação

Todos sabemos da voz inconfundível do padre Carlos Artur. Há quem o confunda com o padre Carlos Alberto Pasquoto, mas sua voz não. Na emissora da Mãe Aparecida o redentorista fez sucesso apresentando a Consagração e outros programas de cunho catequético. Ele foi transferido para Aparecida justamente para assumir o programa da Consagração em 2006. Com seu carisma conquistou os devotos pelos muitos anos que ficou na rádio.


Padre César, 25 anos doados à Rádio

Padre Antônio César Moreira Miguel

Padre César Moreira é um dos missionários mais conhecidos pelos brasileiros. Ele atuou na rádio por mais de 25 anos e marcou a emissora por seu trabalho junto à equipe de Jornalismo.

Ele começou na rádio em 1977, quando ainda era estudante de jornalismo. O seu primeiro trabalho foi no Grande Jornal Falado RA, que era um jornal inspirado no noticiário radiofônico Grande Jornal Falado Tupi. Esse jornal ele apresentava com Rogério Braga.

Preocupado em aproximar os ouvintes das últimas notícias da Igreja e da sociedade e em informar e conscientizar os cidadãos sobre a realidade, ele criou vários programas entre eles, Jornais dos Jornais, Jornal Brasil Hoje, RCR em Debate e Jornal Regional que ainda está no ar na Rádio Pop.

Padre Inácio Medeiros

Padre Inácio assume atualmente a direção da Rádio Aparecida. Esta é a terceira vez que ele assume um papel de liderança na emissora. Chegou em 1988 coordenando a programação e sendo responsável pelo programa A Igreja no mundo - 20 séculos de história, que falava sobre a História da Igreja. Depois em 2006 retornou para apresentar Os ponteiros apontam para o infinito, Nossa Missão, entre outros, e desde 2019 integra novamente a rádio, agora como diretor.

E aí você lembra de algum missionário na Rádio Aparecida? Conta pra gente nos comentários!


2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.